LUSOFONIA

A SEMANA : Primeiro diário caboverdiano em linha

Brasil: Manifestação pela morte de homem negro em Porto Alegre termina em confronto com policiais 24 Novembro 2020

Centenas de pessoas marcharam novamente em Porto Alegre para protestar contra a morte violenta de um homem negro pelas mãos de guardas de um supermercado Carrefour, em um dia que terminou com confrontos entre um grupo de manifestantes e a polícia, que usou bombas lacrimogéneas para dispersar o grupo.

Brasil: Manifestação pela morte de homem negro em Porto Alegre termina em confronto com policiais

Segundo informações da AFP, o grupo de manifestantes revoltados tentaram destruir as proximidades do supermercado e atiraram pedras e fogos-de-artifício contra a polícia.

“Vidas negras importam, pare de nos matar”, diziam cartazes e camisetas contra o racismo usados por manifestantes, que pelo quarto dia consecutivo marcharam na capital gaúcha para condenar a morte brutal de João Batista Rodrigues Freitas, de 40 anos, na noite de quinta-feira.

Uma passeata pacífica chegou a ocupar uma avenida, interrompendo o trânsito, em frente a uma agência do Carrefour - na zona leste de Porto Alegre - onde várias dezenas de uniformizados foram posicionados para proteger o supermercado.

“O Carrefour é assassino, o Carrefour é assassino”, gritavam os participantes da manifestação, enquanto outros perguntavam sob a faixa “Justiça por Beto”, apelido da vítima.

Após cerca de três horas de mobilização e com os disparos com balas de borracha por parte da polícia contra os manifestantes, a AFP apurou que não houve feridos.

Os artigos mais recentes

100% Prático

publicidade


  • Mediateca
    Cap-vert

    Uhau

    Uhau

    blogs

    publicidade

    Newsletter

    Abonnement

    Copyright 2018 ASemana Online | Crédito: AK-Project