LUSOFONIA

A SEMANA : Primeiro diário caboverdiano em linha

Brasil: Rio cancela Carnaval até 2022 — "Covid não deu tempo para organizar" 11 Fevereiro 2021

As autoridades cancelaram o Carnaval do Rio de Janeiro, "por falta de tempo para o organizar". Também as escolas de samba já tinham proposto adiar, até julho, o maior cartaz turístico do Brasil de grande impacto na economia, mas em seis meses é impossível" diz prefeito Paes.

Tem grande impacto económico, o cancelamento do maior cartaz turístico, segundo o governo municipal do Rio liderado pelo prefeito Eduardo Paes, que em janeiro inaugurou o seu terceiro mandato.

Mas o Rio, a cidade brasileira mais flagelada pelo coronavírus, regista cerca de 20 mil óbitos entre os seus 6,7 milhões de habitantes. Superou (em 5%) a cidade de São Paulo, que tem uma população duas vezes maior, segundo dados oficiais.

"Esta celebração exige uma grande preparação por parte dos órgãos públicos e dos gremios e instituições vinculados ao samba. Algo impossível de fazer neste momento. Por esta forma, venho informar que não teremos o Carnaval adiado de fevereeiro para julho. Voltaremos em 2022".

Paes diz acreditar que em 2022 todos estão devidamente vacinados contra a Covid-19, tanto os protagonistas do Carnaval como os turistas que chegam à "cidade maravilhosa" para viver a festa. "Em 2022, celebraremos a vida, a cultura com toda a intensidade que merecemos", afirmou o líder fluminense.

Os organismos municipais responsáveis vão realizar projetos alternativos para garantir a subsistência, com um rendimento adequado em 2021, a todos quantos dependem da festa do Carnaval, assegurou o prefeito.

Fontes: TV Globo/AP/Reuters.

Os artigos mais recentes

100% Prático

publicidade


  • Mediateca
    Cap-vert

    Uhau

    Uhau

    blogs

    Copyright 2018 ASemana Online | Crédito: AK-Project