LUSOFONIA

A SEMANA : Primeiro diário caboverdiano em linha

Brasil: Tribunal manda soltar Lula — Deferido pedido de ’habeas corpus’ 08 Julho 2018

A esquerda democrática do Brasil está a festejar. O tribunal de Porto Alegre deferiu este domingo o "habeas corpus" pedido ( por solicitação de três deputados do PT) da defesa do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva, preso há três meses. Significa isso, que o líder histórico do PT - Partido dos Trabalhadores pode vir a aguardar fora da cadeia os processos de acusação contra ele que seguem seus trâmites junto das instâncias judiciais do país. Mas há divergências com o juiz Sérgio Moro, responsável pela condenação do ex-presidente Lula, que nega cumprir a decisão da soltura do Lula. (Em actualização).

Brasil: Tribunal manda soltar Lula — Deferido pedido de ’habeas corpus’

Conforme anunciou o Globo, a decisão de libertar Lula, dada a conhecer este domingo, 8, é do juiz-desembargador federal Rogério Favreto, do Tribunal Regional Federal da 4ª Região (TRF-4), com sede em Porto Alegre.

O "juiz de plantão" fundamenta a sua decisão num acórdão de doze páginas. Justifica que o deferimento do pedido para a libertação se baseia na verificação de que há vários ilícitos e irregularidades cometidos pelas instâncias que negaram anteriores pedidos de "habeas corpus", designadamente, o Juízo Federal da 13ª VF de Curitiba, refere a mesma fonte.

Mas há divergências: O juiz Sérgio Moro, responsável pela condenação do ex-presidente Lula, negou-se a cumprir a decisão, alegando que Favreto é "absolutamente incompetente" para determinar a soltura do ex-presidente.

Mesmo se vier a ser colocado fora da cadeia, irá Lula da Silva, atendendo à “lei da ficha limpa”, avançar com a sua candidatura presidencial nas eleições deste ano? Vamos apresentar dentro em breve mais desenvolvimentos com a atualização desta notícia.

Os artigos mais recentes

100% Prático

publicidade
Cap-vert
Copyright 2018 ASemana Online | Crédito: AK-Project