Legislativas 2021

A SEMANA : Primeiro diário caboverdiano em linha

Brava - UCID ausente, MpD com ações limitadas e PAICV em porta-a-porta 03 Abril 2021

Nos dois primeiros dias da campanha eleitoral para as legislativas de 18 de Abril na Brava, notou-se a ausência da candidatura da União Cabo-verdiana Independente e Democrática (UCID), cujo cabeça-de-lista, Nelson Gomes, não deu sinal de vida e pelas informações encontrava-se na localidade de Fajã d´Água e numa zona sombra em termos de cobertura móvel.

Brava -  UCID ausente, MpD com ações limitadas e PAICV em porta-a-porta

Diante desta situação, até este momento pouco ou quase nada se sabe sobre as acções de terreno da UCID e a programação da candidatura do partido para os próximos dias na ilha Brava.

Já a lista do Movimento para a Democracia (MpD), liderada por Fernanda Burgo, optou nos primeiros dois dias com ações limitadas em sinal de respeito à Semana Santa, tendo inclusive suspendido os contactos porta-a-porta. Mas promete retomar, em força, as actividades a partir da próxima segunda-feira, 05 de Abril, com contactos porta-a-porta e alguns pequenos comícios com a presença de um número reduzido de pessoas - a candidatura vai respeitar todas as recomendações e indicações das autoridades sanitárias.

Fernanda Burgo considerou que as perspectivas são boas dado o envolvimento da população no período de pré-campanha ao projecto do MpD, sublinhando que a mensagem será de reforço e no sentido de propor mais investimentos para a ilha, tendo em conta que, nos últimos cinco anos, a Brava beneficiou de uma discriminação positiva por parte do governo do MpD.

Por sua vez, a candidatura do PAICV começou a sua campanha com contactos porta-a-porta na localidade de Furna e de Nossa Senhora do Monte. Mas durante os próximos dias a caravana tambarina vai percorrer todas as localidades para levar a mensagem a “ Brava em primeiro lugar”.

O cabeça-de-lista, Clóvis Silva, garantiu que a campanha vai centralizar no projecto que o seu partido tem para com a ilha, propondo a melhoria das condições de vida dos residentes em sectores mais preocupantes.

Conforme ele, o objectivo é defender os interesses da ilha e da sua gente, o que, para Clóvis, é uma questão de Estado. Sublinhou que a mensagem é de comprometimento para a melhoria das condições de vida dos bravenses.

Os artigos mais recentes

100% Prático

publicidade


  • Mediateca
    Cap-vert

    Uhau

    Uhau

    blogs

    Copyright 2018 ASemana Online | Crédito: AK-Project