INTERNACIONAL

A SEMANA : Primeiro diário caboverdiano em linha

Burkina-Faso: 7 soldados, 35 civis e 80 terroristas morreram, anuncia presidente Kaboré 26 Dezembro 2019

Trinta e cinco civis, na maioria mulheres (31), morreram no ataque djihadista de terça-feira, 24, em Arbinda, norte do Burkina-Faso, anunciou o próprio presidente burkinabé Roch Kaboré , através do Twitter.

Burkina-Faso: 7 soldados, 35 civis e 80 terroristas morreram, anuncia presidente Kaboré

O ataque matou também quatro soldados e três militares. O chefe do estado-maior do exército (CEMFA) burkinabé anunciou que oitenta "terroristas foram eliminados" no ataque na "terça-feira de manhã".

O atentado perpetrado por "um grande número de terroristas em simultâneo na base militar e nas aldeias próximas de Arbinda", na província do Soum, segundo o comunicado do CEMFA, destacou-se por uma "rara intensidade" e demorou "várias horas".

"Postos em fuga, os terroristas cobardemente assassinaram 35 civis, entre os quais trinta e uma mulheres, e feriram mais seis pessoas".

No mês passado, 38 empregados duma sociedade de exploração mineira foram assassinados numa emboscada no leste do país.

Fontes: AFP/Site da ONU

Os artigos mais recentes

100% Prático

publicidade





  • Mediateca
    Cap-vert

    Uhau

    Uhau

    blogs

    Copyright 2018 ASemana Online | Crédito: AK-Project