ACTUALIDADE

A SEMANA : Primeiro diário caboverdiano em linha

CEDEAO realiza Reunião do Comité Técnico de Gestão sobre normas para instalações solares e requisitos mínimos para instalação, inspeção e inversores para mini redes fotovoltaicas 06 Dezembro 2022

A Comunidade Económica dos Estados da África Ocidental (CEDEAO) realiza nos dias 07 e 08, a Reunião do Comité Técnico de Gestão sobre normas para instalações solares e requisitos mínimos para a instalação, inspeção e inversores para mini redes fotovoltaicas. O encontro terá lugar às 09:00 horas, no Hotel Pérola, cidade da Praia e a sessão de abertura contará com a presença de diferentes stakeholders nacionais de referência, nomeadamente o Ministério da Indústria Comércio e Energia, a Delegação Nacional do Banco Mundial, Instituto de Gestão da Qualidade e da Propriedade Intelectual e o Centro para as Energias Renováveis e Eficiência Energética da CEDEAO.

CEDEAO realiza Reunião do Comité Técnico de Gestão sobre normas para instalações solares e requisitos mínimos para instalação, inspeção e inversores para mini redes fotovoltaicas

Constam dos resultados esperados da reunião, a aprovação de seis normas regionais e o documento ECOSHAM revisto, a fim de passar à fase seguinte do processo de tomada de decisões e aprovação, segundo um comunicado a que este diário digital teve acesso.

Dos 406 milhões de pessoas residentes na África Ocidental e na Região do Sahel, estima-se que 208 milhões de habitantes não têm acesso à electricidade, dos quais cerca de 70% vivem em zonas rurais. Este cenário motivou o financiamento do Banco Mundial do Projecto Regional de Acesso à Electricidade Fora da Rede (ROGEAP).

O projecto que conta com o cofinanciamento do Fundo para as Tecnologias Limpas (CTF) e da Direcção Geral de Cooperação Internacional (DGIS) do Governo dos Países Baixos, está enquadrado no Programa da CEDEAO sobre o Acesso aos Serviços Sustentáveis de Eletricidade (EPASES), contribuindo directamente para os objetivos da Política Regional para as Energias Renováveis da CEDEAO (EREP), com o intuito de proporcionar acesso universal à electricidade na região até ao ano 2030”, lê-se no documento.

Os artigos mais recentes

100% Prático

publicidade


  • Mediateca
    Cap-vert

    Uhau

    Uhau

    blogs

    Copyright 2018 ASemana Online | Crédito: AK-Project