ACTUALIDADE

A SEMANA : Primeiro diário caboverdiano em linha

CNJF divulga cronograma para eleição do líder do PAICV: Frente ampla defende continuidade de Rui Semedo, movimentações para candidatura de Francisco Carvalho ao mesmo posto 10 Novembro 2021

O presidente da Comissão Nacional da Jurisdição e Fiscalização da PAICV, Clóvis da Silva, convocou, hoje, a imprensa, para divulgar o cronograma para a realização das diretas para a eleição do presidente e delegados ao congresso ordinário do partido, previstas para 19 de dezembro próximo no país e na diáspora. Este jornal apurou junto de outras fontes que há «uma forte corrente nacional» a defender a recandidatura do líder interino, Rui Semedo, para dar continuidade «ao processo da pacificação interna» que saiu reforçado com a vitória do candidato presidencial apoiado pelo PAICV, José Maria Neves. Mas há também movimentações para que o atual presidente da Câmara da Praia, Francisco Carvalho, concorra ao mesmo posto.

CNJF divulga cronograma para eleição do líder do PAICV: Frente ampla defende continuidade de Rui Semedo, movimentações para candidatura de Francisco Carvalho ao mesmo posto

Já se sentem as movimentações políticas com vista à substituição da ex-presidente do PAICV Janira Hopffer Almada, que se demitiu do cargo depois ter sido vencida nas legislativas deste ano.

O presidente da Comissão Nacional de Jurisdição e Fiscalização (CNJF) encontrou, hoje, com a imprensa para anunciar o cronograma para as diretas de 19 de dezembro, apelando para a participação de todos os militantes e dirigentes, mas num clima de responsabilidade e respeito para com o PAICV nesse processo democrático da escolha da nova liderança. «Auguramos e apelamos a participação de todos os militantes, mas num clima de responsabilidade e de respeito por este que é o partido que pertence aos seus militantes e que é um ativo político importante para a consolidação da democracia e desenvolvimento de Cabo Verde», solicitou.

Conforme Clóvis da Silva, o ato eleitoral será realizado no dia 19 de dezembro a nível de todas as estruturas do partido no país e na diáspora. «Queríamos informar que já serão emitidas as orientações para as regiões de modo a termos uma organização devidamente preparada para não só garantir a participação de todos os militantes que o desejarem, como também garantir a fiscalização adequada a este importante processo da vida do partido».

O presidente da CNF informou que, segundo o calendário referido, serão indicados, em tempo oportuno, os locais de colocação das mesas de voto e encaminhados os respetivos cadernos eleitorais.

«A Confirmação da admissão de candidaturas é realizada a partir de 5 de dezembro e até o dia 7 de dezembro. Os cadernos serão afixados nas Sedes Regionais para consultas até o dia 5 de dezembro», acrescentou.

A mesma fonte informou que os interessados deverão fazer chegar à CNJF a sua proposta de Candidaturas à liderança do PAICV e de Moção de Orientação Política Nacional, acompanhada de um mínimo de 300 assinaturas que abranjam dois terços dos setores do partido. Garantiu que «o presente calendário será encaminhado a todos os setores para que qualquer militante possa ter acesso ao mesmo e participar conforme achar melhor».

Movimentações e potenciais candidatos

Entretanto, já se conhece alguma movimentação interna no PAICV com vista à sucessão da ex-Presidente Janira Hopffer Almada, que se demitiu do cargo depois de ter saído vencida nas legislativas deste ano.

Este jornal está em condições de avançar que «há uma forte corrente nacional» a defender recandidatura do líder interino, Rui Semedo. Tudo com o fundamento para que o mesmo dê continuidade «ao processo da pacificação interna» que saiu reforçado com a vitória, no dia 17 de outubro, do candidato presidencial apoiado pelo PAICV, José Maria Neves.

Para os defensores desta tese, «a disputa efetiva da liderança do maior parido da oposição poderia acontecer só em 2024», dois anos antes das legislativas. «Todos os potenciais candidatos (líder interino Rui Semedo, chefe da bancada parlamentar João Batista Pereira, Francisco Carvalho edil da Praia, Nuías Silva Presidente da Câmara de São Filipe, sem se descartar o regresso de Janira Hopffer Almada e surgimento de outros candidatos) podiam disputar o cargo de Primeiro-ministro».

«Seria um ‘timing’ político melhor sobretudo para os dois autarcas referidos, caso viessem renovar o mandato nas próximas eleições municipais», analisam as nossas fontes.

Além do chamamento a Rui Semedo para participar na corrida, há também movimentações, sobretudo em Santiago Sul, para que o atual presidente da Câmara da Praia, Francisco Carvalho, concorra à liderança do PAICV nas diretas de 19 de dezembro próximo.

Para as fontes do Asemanaonline, com a divulgarão hoje do cronograma eleitoral pela Comissão Nacional de Jurisdição e Fiscalização, tudo aponta que o processo de disputa interna no PAICV ficará mais claro nos próximos dias, com a confirmação ou não das candidaturas referidas ou de outras que possam vir surgir.

Os artigos mais recentes

100% Prático

publicidade


  • Mediateca
    Cap-vert

    Uhau

    Uhau

    blogs

    Copyright 2018 ASemana Online | Crédito: AK-Project