NOS KU NOS

A SEMANA : Primeiro diário caboverdiano em linha

Manipulação da imagem da líder do PAICV: CPR do Fogo denuncia armadilha de malfeitores e solidariedade da ilha para com Janira Hopffer Almada 09 Outubro 2018

«Decidimos denunciar esta vil estratégia de armadilha de malfeitores e manifestar nossa solidariedade do Fogo, Ilha toda, para a sua pessoa, camarada Presidente Janira Hopffer Almada, e para todos os militantes e amigos deste nosso glorioso Partido». Esta decisão saiu da recente reunião da Comissão Política Regional (CPR) do Fogo do PAICV, na sequência da polémica surgida com a manipulação pornográfica da fotografia da líder do maior partido da oposição.

Manipulação da imagem da líder do PAICV: CPR do Fogo  denuncia armadilha de malfeitores e solidariedade da ilha para com Janira Hopffer Almada

Num forte apelo aos tambarinas e amigos de todas as horas, o documento, assinado pelo presidente da CPR, desafia que a luta vai ser a de bater firme pela causa comum, com foco, fé e trabalho de todos. «Juntos vamos continuar a bater pelos grandes desígnios e objectivos a que nos propomos para as causas comuns deste povo sofredor. Pela causa que nos une e não apenas pelo poder.! Não arredar, e de pés juntos com as nossas mulheres e homens, porque todos merecemos respeito e dignidade.! Foco, fé e trabalho. Viva o PAICV de CABRAL e de todos nós!».

Segundo explica Manuel da Luz, a Comissão Política Regional do Fogo do PAICV esteve reunida, a 6/10/18, para apreciar outras questões quentes da vida local e nacional, mas acabou por debruçar-se, profunda e consternadamente, principalmente sobre essas baixas formas de ataques perpetradas contra o Partido e ultimamente à pessoa da sua Presidente.

« Tal ato constitui um nível alto de desespero! Um ataque que pretende atingir sobretudo o Partido no seu todo», fez questão de realçar o presidente da CPR do Fogo do PAICV, justificando, por isso, a presente moção de solidariedade dirigida à líder nacional Janira Hopffer Almada.

O caso em apreço continua a provocar reações de repudio por parte de vários quadrantes da sociedade, quer no país, quer junto da comunidade cabo-verdiana radicada em vários países do mundo. Por isso, o Tribunal vai ter que analisar uma queixa que a líder do PAICV já anunciou apresentar para se apurar o responsável de tal ato - fala-se já de um possível suspeito - de manipulação da sua imagem e apurar as responsabilidades criminais.

Os artigos mais recentes

100% Prático

publicidade



Mediateca
Cap-vert

blogs

Copyright 2018 ASemana Online | Crédito: AK-Project