ACTUALIDADE

A SEMANA : Primeiro diário caboverdiano em linha

CPLP: Conferência internacional debate projeção da língua portuguesa no sistema mundial 26 Maio 2021

“Horizontes e perspectivas da língua portuguesa” é tema da IV Conferência Internacional sobre a Língua Portuguesa no Sistema Mundial, organizada pelo Governo de Cabo Verde, no âmbito da presidência cabo-verdiana pro-tempore da CPLP.

CPLP: Conferência internacional debate projeção da língua portuguesa no sistema mundial

O evento, que arrancou hoje em formato virtual, conforme escreve a Inforpress, resulta, segundo o ministro dos Negócios Estrangeiros, Rui Figueiredo Soares, de um compromisso assumido por Cabo Verde aquando da assunção da presidência rotativa da Comunidade dos Países de Língua Portuguesa (CPLP), em Julho de 2018.

“O objectivo é debater e partilhar de ideias sobre a inserção dinâmica da língua portuguesa no sistema mundial e sua afirmação, com autoridade, nas ciências, na inovação, economia criativa, nas organizações internacionais, mas também a sua conectividade com os mais diversos actores não estatais, hoje inegavelmente influenciadores nos processos decisores em todos os pontos do globo” explicou o governante.

Segundo a mesma fonte, o ministro indicou que os primórdios desse evento remonta ao ano de 2008 quando os chefes de Estado e de Governo deram “orientações claras” no sentido de se criarem espaços de reflexão que permitirem aos Estados membros ter instrumentos de promoção e projecção interna e internacional da língua portuguesa.

“Pode-se, por isso, afirmar que estamos perante uma tradição consolidada de CPLP que se realiza periodicamente com planos de acção bem definidos e devidamente acompanhados na CPLP e pelos actores estatais e não estatais comprometidos todos com a língua portuguesa”, sustentou.

Falada em quatro continentes e quinta língua mais falada no mundo, língua oficial nos estados que pertencem a diferentes espaços de integração, o português é na perspectiva do ministro cabo-verdiano, uma língua cujo valor não se circunscreve às meras dimensões comunicativas e cultural.

Para Rui Figueiredo Soares, avança a fonte, ao proclamar o dia 05 de Maio como Dia Mundial da Língua Portuguesa, a Unesco deu “um sinal claro” de reconhecimento que estimula a CPLP e todos Estados-membros a continuarem a promover a língua portuguesa no contexto da indústria da língua, da diplomacia económica, da rede ensino do português no estrangeiro e da Internet e das redes sociais. “A língua portuguesa é também economia, é investimento”, realçou.

A IV Conferência Internacional sobre a Língua Portuguesa no Sistema Mundial tem a duração de três dias e em debate estão cinco eixos nomeadamente o eixo das políticas públicas para a promoção da leitura e eixo da diversidade na escrita literária em língua portuguesa.

Constam ainda do programa o eixo do ensino da língua portuguesa em contexto de mobilidade, o eixo da ciência, investigação e inovação da língua portuguesa e o eixo da tecnologia e economias criativas: cenários emergentes em língua portuguesa.

A abertura do encontro contou com as intervenções do secretário executivo da CPLP, o embaixador Francisco Ribeiro Teles, do presidente do Instituto Internacional de Lingual Portuguesa (IILP) Incanha Intumbo, e do Presidente da República de Cabo Verde e presidente em exercício da CPLP, Jorge Carlos Fonseca, que destacou o português com uma língua transatlântica e em expansão, refere a fonte que vimos citando.

Os artigos mais recentes

100% Prático

publicidade


  • Mediateca
    Cap-vert

    Uhau

    Uhau

    blogs

    Copyright 2018 ASemana Online | Crédito: AK-Project