ACTUALIDADE

A SEMANA : Primeiro diário caboverdiano em linha

Cabo Verde condena “veementemente” os violentos ataques contra instituições democráticas no Brasil 08 Janeiro 2023

O Governo de Cabo Verde condenou, hoje, “veementemente os violentos ataques” perpetrados contra as instituições democráticas da República Federativa do Brasil. O mesmo aconteceu com o Presidente da República José Maria Neves.

Cabo Verde condena “veementemente” os violentos ataques contra instituições democráticas no Brasil

Segundo a Inforpress, o Governo, de acordo com um comunicado de imprensa publicado na página oficial da rede social Facebook do Ministério dos Negócios Estrangeiros, manifestou a sua “total solidariedade” para com a Presidência da República, o Congresso e o Supremo Tribunal Federal do Brasil, e apela ao “rápido regresso à normalidade, no estrito respeito pela ordem constitucional”.

Da mesma forma, o Presidente da República, José Maria Neves, através da mesma rede social, indicou que acompanha com “enorme preocupação” os acontecimentos em Brasília.

Condeno veementemente os actos antidemocráticos e manifesto a minha solidariedade e apoio ao Presidente Lula da Silva e às autoridades legítimas da República Federativa do Brasil”, escreveu José Maria Neves.

Na sequência dos acontecimentos ocorridos na tarde de hoje, em Brasília, o Presidente do Brasil, Luiz Inácio Lula da Silva, decretou a intervenção federal na área de Segurança Pública de Brasília e disse que todos os responsáveis pelas invasões das sedes dos poderes executivo, legislativo e judiciário serão punidos.

Esta decisão, de acordo com a agência Lusa, permite a intervenção do poder central (federal) em Brasília, retirando poderes ao governo local. Lula da Silva também afirmou que os ‘bolsonaristas’ que atacaram prédios públicos em Brasília serão encontrados e punidos.

No decreto assinado e divulgado pelo Presidente brasileiro lê-se que a intervenção na área de segurança Pública do Distrito Federal tem como objetivo conter “grave comprometimento da ordem publicano Estado do Distrito Federal, marcada por atos de violência e invasão de prédios públicos.”

Foi nomeado como interventor Ricardo Garcia Cappelli, secretário executivo do Ministério da Justiça.

Centenas de apoiantes do ex-presidente brasileiro Jair Bolsonaro invadiram e vandalizaram hoje o Congresso Nacional, o Palácio do Planalto e o Supremo Tribunal Federal (STF), sedes do poder legislativo, executivo e judiciário, numa manifestação em que pedem uma intervenção militar para derrubar o Presidente Luiz Inácio Lula da Silva, uma semana após a sua tomada de posse.

Os manifestantes avançaram e furaram as barreiras montadas pela polícia, com imagens dos invasores dentro do salão verde do Congresso, dentro e fora do Palácio do Planalto e do Supremo Tribunal Federal (STF), a serem divulgadas nas redes sociais

A polícia brasileira usou gás lacrimogéneo para tentar, sem sucesso, travar os manifestantes, referiu a Lusa citada pela Inforpress.

Os artigos mais recentes

100% Prático

publicidade


  • Mediateca
    Cap-vert

    Uhau

    Uhau

    blogs

    publicidade

    Newsletter

    Copyright 2018 ASemana Online | Crédito: AK-Project