ACTUALIDADE

A SEMANA : Primeiro diário caboverdiano em linha

Cabo Verde defende “princípio de uma só China” - PR 05 Agosto 2022

O Presidente da República de Cabo Verde, José Maria Neves, afirmou hoje que o país defende o “princípio de uma só China” e soluções negociadas para os conflitos, para se chegar à paz.

Cabo Verde defende “princípio de uma só China” - PR

Numa declaração publicada ao final da manhã na sua conta oficial na rede social Facebook, o chefe de Estado cabo-verdiano refere que recebeu hoje no Palácio Presidencial, na Praia, a pedido do diplomata, o embaixador da República Popular da China em Cabo Verde, Xu Jie.

“Falamos da tensão que se vive neste momento naquela região. Cabo Verde desde sempre apoiou o princípio de uma só China e defende o diálogo, a solução negociada dos conflitos e a paz”, declarou José Maria Neves.

Na quinta-feira, o embaixador Xu Jie já tinha afirmado, na Praia, que a visita da líder do Congresso dos Estados Unidos, Nancy Pelosi, a Taiwan foi uma “violação severa do princípio de uma só China”.

O chefe da representação diplomática chinesa em Cabo Verde, que falava em conferência de imprensa, afirmou que essa visita teve um “impacto severo” nas relações entre os Estados Unidos da América e a China.

“Existe no mundo apenas uma China e Taiwan é uma parte inalienável do território chinês”, afirmou o embaixador Xu Jie.

A China suspendeu hoje o diálogo com os Estados Unidos em áreas como alterações climáticas, questões militares e no quadro de combate ao tráfico de droga como retaliação à visita da líder do Congresso norte-americano, Nancy Pelosi, a Taiwan.

As medidas, anunciadas pelo Ministério dos Negócios Estrangeiros chinês, são as mais recentes de uma série de sanções prometidas por Pequim e destinadas a punir Washington pela visita que Pelosi realizou terça e quarta-feira a Taiwan, ilha que a China reivindica como parte do país.

As primeiras medidas passaram pelos protestos diplomáticos e, desde quinta-feira, com a realização de exercícios navais e aéreos em redor da ilha, em que têm sido disparados mísseis.

Entretanto, a embaixadora dos Estados Unidos da América nas Nações Unidas, Linda Thomas-Greenfield, partiu na quarta-feira para uma visita de quatro dias a três países africanos, incluindo Cabo Verde, com a insegurança alimentar e guerra na Ucrânia na agenda.

Em declarações antes da partida para esta viagem, que prevê deslocações primeiro ao Uganda e depois ao Gana, a diplomata norte-americana anunciou que vai reunir-se no domingo, na Praia, com o primeiro-ministro de Cabo Verde, Ulisses Correia e Silva, e o ministro dos Negócios Estrangeiros, Rui Figueiredo Soares.

“Discutiremos todo o leque de assuntos relacionados com a nossa parceria, tanto bilateral como multilateralmente. Cabo Verde tem sido um parceiro incrível para nós. E parte da minha visita é também realmente destacar essa parceria. E agradecer aos líderes cabo-verdianos por essa parceria e essa amizade”, declarou Linda Thomas-Greenfield, aos jornalistas. A Semana com Lusa

Os artigos mais recentes

100% Prático

publicidade


  • Mediateca
    Cap-vert

    Uhau

    Uhau

    blogs

    Copyright 2018 ASemana Online | Crédito: AK-Project