ECONOMIA

A SEMANA : Primeiro diário caboverdiano em linha

Cabo Verde gastou mais de 120 milhões de euros na implementação de medidas de resposta à covid-19 21 Mar�o 2023

Cabo Verde conseguiu mobilizar junto dos parceiros de desenvolvimento mais de 120 milhões de euros que foram utilizados para a implementação de medidas de resposta à covid-19, conforme dados apresentados hoje, na Cidade da Praia.

Cabo Verde gastou mais de 120 milhões de euros na implementação de medidas de resposta à covid-19

Em declarações à imprensa no final de encontro para apresentação do balanço aos parceiros externos, o vice-primeiro-ministro das Finanças, Olavo Correia reconheceu que esse montante, dos quais grande parte foram empréstimos, aumentou a dívida pública, mas salientou que esses recursos permitiram uma intervenção rápida para salvar vidas e empresas e evitar um colapso sanitário, económico e social no País.

“Na altura quando eclodiu a pandemia da covid-19, assim como fizeram praticamente todos os países do mundo, Cabo Verde teve de recorrer à dívida pública concessional para responder às necessidades e mitigar os efeitos da pandemia”, disse.

Conforme indicou, mais de 14 mil empregos foram protegidos com as medidas que o Governo tomou com intervenções em mais de duas mil empresas, injectamos mais de quatro milhões de garantia, mais de seis milhões de contos de investimentos e cerca de nove milhões de contos de financiamento global ao abrigo do ecossistema.

“Um resultado extraordinariamente importante que permitiu ao País conseguir manter as empresas vivas e agora estamos na fase de retoma das actividades económicas. Portanto são montantes importantes, mas nós temos a capacidade agora de diversificar a economia cabo-verdiana e acelerar o seu crescimento, criar riqueza para pagar a dívida que foi utilizada para salvar aquilo que é mais importante para a nação cabo-verdiana – as pessoas”, sustentou.

Olavo Correia frisou que Cabo Verde conseguiu uma das maiores taxas de vacinação no mundo com mais de 88% dos adultos com duas doses de vacina, tendo ainda conseguido implementar o sistema “nha card” validação de vacinas que foi certificado a nível internacional e que é utilizado como uma referência a nível mundial.

“E Cabo Verde por isto tem estado na crista da onda, tem sido referenciado em toda a parte do mundo como exemplo a nível da gestão da covid-19. Mais do que gerirmos a covid-19 preparamos Cabo Verde para a retoma. É por isso que nós tivemos uma recessão económica em 2020 de cerca de 15 por cento (%) e em 2021 a economia cresceu cerca de 7,0% e em 2022 os dados apontam para valores à volta de 15% do crescimento económico”, realçou.

O relatório das medidas implementadas hoje contou uma apreciação positiva por parte dos parceiros de desenvolvimento que consideraram que Cabo Verde utilizou de forma eficaz e eficiente os recursos colocados à disposição do País.

A Semana com Inforpress

Os artigos mais recentes

100% Prático

publicidade


  • Mediateca
    Cap-vert

    Uhau

    Uhau

    blogs

    Copyright 2018 ASemana Online | Crédito: AK-Project