ACTUALIDADE

A SEMANA : Primeiro diário caboverdiano em linha

Cabo Verde inicia vacinação contra Covid-19 no primeiro trimestre de 2021 15 Dezembro 2020

Cabo Verde vai iniciar a vacinação contra a Covid-19 no primeiro trimestre de 2021, segundo anunciou o Primeiro-ministro cabo-verdiano, Ulisses Correia e Silva, esta terça-feira, 15, numa mensagem dirigida ao país.

Cabo Verde inicia vacinação contra Covid-19 no primeiro trimestre de 2021

"Estamos a envidar todos os esforços para que a vacinação contra a Covid-19 inicie durante o primeiro trimestre do próximo ano. O Plano Nacional de Vacinação já foi aprovado pelo Governo e será apresentado ao público, brevemente", anunciou o chefe do Governo, citado pela Agência Lusa.

Refira-se que atualmente, Cabo Verde conta com 211 casos ativos de Covid-19, dos quais 29 na Praia, que deixou esta terça-feira de estar em estado de calamidade. Nos últimos 14 dias, os laboratórios de virologia do país analisaram 5.056 amostras, que resultaram em 611 casos positivos, chegando a uma taxa de incidência acumulada, provisória, de 110 casos por 100 mil habitantes.”Este registo, é inferior a vários países europeus, representando uma progressiva melhoria, com a descida de novos casos sobretudo desde Outubro, sublinhou na mensagem, Ulisses Correia e Silva, citado pela mesma fonte, acrescentando que a vacinação é uma “porta de esperança que se abre” para a retoma progressiva da vida normal e para o relançamento da economia.

Sabe-se ainda, que o plano de vacinação contra a Covid-19 em Cabo Verde define o tipo de vacinas, a calendarizaçãoe cronograma e os grupos prioritários, mas o chefe do Governo ressalta que continuará a ser necessário respeitar as normas e medidas de prevenção e proteção.

Numa declaração proferida no início de Dezembro deste corrente ano Correia e tinha avançado que o Governo já começou o processo de seleção das várias vacinas no mercado. "Aquilo que temos, já mais adiantado, é o processo de financiamento", apontou Ulisses Correia e Silva, referindo-se aos cinco milhões de dólares (4,18 milhões de euros) do Banco Mundial, anunciados em 27 de novembro pelo vice-primeiro-ministro cabo-verdiano, Olavo Correia.

Além desse valor, o também Ministro das Finanças, Olavo Correia disse que o Governo está a analisar a possibilidade de mobilizar mais 15 milhões de dólares (12,5 milhões de euros) ao nível de um programa da sub-região da Comunidade Económica dos Estados da África Ocidental (CEDEAO).

"Com esses montantes, (20 milhões de dólares americanos), vamos conseguir garantir a vacinação para todos os cabo-verdianos", garantiu o Ministro na altura, conforme escreve a Lusa.

Os artigos mais recentes

100% Prático

publicidade


  • Mediateca
    Cap-vert

    Uhau

    Uhau

    blogs

    Copyright 2018 ASemana Online | Crédito: AK-Project