ACTUALIDADE

A SEMANA : Primeiro diário caboverdiano em linha

Cabo Verde promove-se no médio oriente e planeia representação diplomática 01 Fevereiro 2022

Governo de Cabo Verde vai avaliar esta semana, durante Expo 2020 Dubai, o interesse de investidores do médio oriente no arquipélago.

Cabo Verde promove-se no médio oriente e planeia representação diplomática

O Governo de Cabo Verde vai avaliar esta semana, durante Expo 2020 Dubai, o interesse de investidores do médio oriente no arquipélago e planeia a abertura de uma representação diplomática, disse o primeiro-ministro.

"Nós vamos comemorar o dia de Cabo Verde na Expo de Dubai e vamos ter um fórum de investimentos onde iremos apresentar Cabo Verde, as potencialidades, as oportunidades, o contacto com operadores, investidores. E fazer uma primeira abordagem ao mercado do Dubai e do médio oriente, que é importante", disse Ulisses Correia e Silva, antecipando a partida da missão cabo-verdiana, que lidera.

O Governo cabo-verdiano pretende promover o arquipélago na Expo 2020 Dubai com a realização, em 04 de fevereiro, de nova edição do Cabo Verde Investment Forum (CVIF), prevendo reunir a presença de de 150 grupos empresariais.

O chefe do Governo acrescentou que o objetivo da missão, que integra ainda os ministros dos Negócios Estrangeiros, Rui Figueiredo Soares, e da Cultura e do Mar, Abraão Vicente, é "diversificar e encontrar operadores" do médio oriente com "interesse nas oportunidades da economia cabo-verdiana", atraindo Investimento Direto Estrangeiro para o arquipélago.

"Temos relações [com o médio oriente], não temos é representação diplomática. Mas estamos a trabalhar no sentido de podermos ter uma representação diplomática dentro desse espaço do médio oriente", acrescentou.

Esta edição do CVIF integra o dia de Cabo Verde na Expo 2020 Dubai - que se comemora em 03 de fevereiro -, com um programa de encontros e contactos entre os promotores de projetos e instituições representadas no Médio Oriente.

De acordo com a informação divulgada pelo Governo cabo-verdiano, no fórum será feita a apresentação pública da agenda económica de Cabo Verde e de projetos privados e públicos, permitindo ainda "encontros entre empresários e instituições públicas, que pretendem impulsionar o comércio e o investimento" no arquipélago.

"Tem como principal objetivo a partilha de informações referentes às estratégias de desenvolvimento do Governo, a apresentação do ambiente de negócios, de oportunidades de negócio e de perspetivas pós-covid-19, visando mobilizar recursos para a implementação de projetos e encorajar o estabelecimento de parcerias", descreveu fonte do executivo.

São esperados no fórum empresários e promotores de projetos, bem como representantes do Governo, de instituições públicas, das Câmaras de Comércio, Turismo e Indústria cabo-verdianas e internacionais, assim como, investidores, representantes de fundos de investimento e de parceiros financeiros.

Cabo Verde vive uma profunda crise económica, após uma recessão de quase 15% do Produto Interno Bruto (PIB) em 2020, face à ausência de turismo provocada pela pandemia de covid-19, setor que garante 25% do PIB e do emprego do país.

A primeira edição do CVIF, iniciativa governamental para captar investimento externo para o país, realizou-se na ilha do Sal, em julho de 2019, e segundo anunciou na altura Olavo Correia, Cabo Verde conseguiu mobilizar 1,5 mil milhões de euros em 41 projetos, após três dias com mais de 100 encontros e 400 participantes.

Seguiu-se, em setembro de 2019, uma edição do Cabo Verde Investment Fórum em Boston, para captar investimentos na diáspora cabo-verdiana nos Estados Unidos.

Uma nova edição deste fórum chegou a estar anunciada para julho de 2020, na ilha do Sal, mas foi adiada devido à pandemia de covid-19.

Esta edição do CVIF terá lugar no Habtoor Grand Resort, Emirados Árabes Unidos, no âmbito da representação de Cabo Verde na Expo 2020 Dubai, numa organização que envolve o Governo cabo-verdiano, o comissariado nacional naquela feira mundial e a Cabo Verde Tradeinvest, entidade pública que promove a captação de investimento estrangeiro para o arquipélago.

"Os encontros pretendem impulsionar o comércio e o investimento em Cabo Verde, atrair e facilitar os contactos entre os empresários e promotores nacionais e os fundos, investidores e financiadores internacionais", referiu fonte da organização.

A Expo 2020 Dubai, que foi adiada um ano por causa da pandemia de covid-19, arrancou em 01 de outubro de 2021 e é a primeira vez que acontece naquela região do globo.

A Expo Dubai, que termina em 31 de março próximo, é o primeiro megaevento desde o início da pandemia onde são esperados 25 milhões de visitantes.

Esta é a primeira vez na história da Expo mundial que cada país tem o seu próprio pavilhão - 192 no total.

A Semana com Lusa

Os artigos mais recentes

100% Prático

publicidade


  • Mediateca
    Cap-vert

    Uhau

    Uhau

    blogs

    Copyright 2018 ASemana Online | Crédito: AK-Project