DIÁSPORA

A SEMANA : Primeiro diário caboverdiano em linha

Cabo-verdiano e esposa assassinados por neto adotivo de 17 anos em Portugal 04 Maio 2020

O casal de idosos foi atacado com golpes de faca pelo neto adotivo, um adolescente de 17 anos que, acompanhado de mais dois menores, cometeu, ainda não se sabe se sozinho ou ajudado, o homicídio na madrugada deste domingo, 3, em Santo André no distrito de Setúbal. O homicida dos avós entrou em casa àquela hora para, como de hábito, lhes extorquir dinheiro.

Cabo-verdiano e esposa assassinados por neto adotivo de 17 anos em Portugal

"O meu pai não merecia isso", disse Aníbal Santos, filho da vítima do sexo masculino, sobre o pai e a esposa esfaqueados até à morte.

Aníbal Santos, cabo-verdiano de meia-idade, contou à reportagem da TVI que soube pelos vizinhos que o rapaz de dezassete anos estava sempre a extorquir dinheiro aos avós.

No entanto, o agora malogrado —também natural de Cabo Verde, vivia em Portugal há 44 anos — nunca contou ao filho os maus-tratos que lhes infligia o neto. O rapaz que adotaram e que foi o carrasco dele e da esposa, ambos com idades perto dos oitenta anos.

"Nunca imaginei chegar a esse ponto. Uma brutalidade que fizeram com o meu pai", disse Aníbal ainda "abalado" com o crime cometido por pessoa tão próxima do pai.

O caso está a ser investigado pela Polícia Judiciária de Setúbal. Os três suspeitos, todos menores e que fugiram do local num veículo furtado, já foram detidos.

Fonte TVI. Foto (captura de ecrã da TVI): O cabo-verdiano Aníbal Santos, filho da vítima do sexo masculino.

Os artigos mais recentes

100% Prático

publicidade





  • Mediateca
    Cap-vert

    Uhau

    Uhau

    blogs

    publicidade

    Newsletter

    Abonnement

    Copyright 2018 ASemana Online | Crédito: AK-Project