MUNDO INSÓLITO

A SEMANA : Primeiro diário caboverdiano em linha

Cães de ’Lady Gaga’ devolvidos, cuidador baleado com arma de guerra continua no hospital — Diva prometeu $meio milhão 01 Mar�o 2021

Uma mulher que o LAPD, a polícia de Los Angeles, "acredita não estar envolvida no crime" devolveu na sexta-feira à noite (já madrugada de sábado em Cabo Verde) os caninos da raça ’buldogue francês’ roubados durante um passeio perto da mansão de Hollywood, na noite de quarta-feira. O empregado de ’Lady Gaga’ encarregado dos cães ficou em "estado muito crítico" por ter sido baleado quatro vezes no peito e continua hospitalizado.

Cães de ’Lady Gaga’ devolvidos, cuidador baleado com arma de guerra continua no hospital  — Diva prometeu $meio milhão

A primeira notícia da CNN, na mesma noite do roubo com arma de guerra, destacava que a diva da ’pop’ — que no momento do roubo se encontrava em Itália a filmar — "oferece[u] meio milhão de dólares, sem fazer perguntas, a quem lhe devolver os seus dois cães".

"Quem tiver os dois cães pode enviar um email para KoijandGustav@gmail.com e reclamar a recompensa", remata o comunicado do gabinete de comunicação de Lady Gaga, nome artístico de Stefani Germanotta, de 34 anos.

Menos de 48 horas depois, a cantora recuperou os cães.

Mas mesmo com a grande quantidade de notícias sobre este roubo, os media nos Estados Unidos não referem os quinhentos mil dólares (perto de cinquenta mil contos) da recompensa. Pelo que, só se pode presumir que na devolução de "Koij" e "Gustav" possa ter contado mais a recompensa prometida.


Ignorou-se condição do baleado

O homem passeava os cães minutos antes das dez da noite de quarta-feira quando lhe apareceu um assaltante armado, a exigir que lhe entregasse os três cães. Ao resistir, o empregado foi baleado enquanto o assaltante agarrava as coleiras dos cães e fugia num jipe. Um dos cães conseguiu libertar-se; foi depois encontrado pela polícia nas proximidades do lugar do assalto.

Até à manhã de quinta-feira, ignorava-se o que acontecera à vítima humana. Foi o LAPD, o departamento da polícia de Los Angeles, que emitiu um comunicado a dar conta de que o encarregado dos cães se encontra hospitalizado "em estado muito crítico".

Depois, a cantora viria a expressar via Twitter "o [seu] agradecimento a Ryan pelo seu heroismo que salvou a minha família". Dona de cinco cães, é habitual a cantora referir-se-lhe como "a [sua] família".

A perspetiva da notícia focada nos cães e recompensa, como se viu na CNN — o único órgão a quem foi fornecida a informação, depois reproduzida por outros órgãos noticiosos —, não permitiu saber, por muito tempo, sobre a condição do empregado da diva pop.

Só no dia seguinte o comunicado do LAPD esclareceu que foi usada uma arma semiautomática no assalto e que "o empregado se encontra[va] em estado muito crítico" por ter sido atingido com quatro tiros no peito.

Fontes: LA Times/Hollywood Repórter/Outras referidas. Fotos (Getty): Os cães da diva jamais terão de queixar-se. "Mas que mundo cão!?"

Os artigos mais recentes

100% Prático

publicidade


  • Mediateca
    Cap-vert

    Uhau

    Uhau

    blogs

    Copyright 2018 ASemana Online | Crédito: AK-Project