Presidenciais 2021

A SEMANA : Primeiro diário caboverdiano em linha

Casimiro de Pina formaliza candidatura “suprapartidária” com quase quatro mil assinaturas 19 Agosto 2021

O mandatário nacional da candidatura de Casimiro de Pina à Presidência da República, José Henrique Andrade, entregou, esta, quinta-feira, 19, o processo de candidatura junto do Tribunal Constitucional, com quase quatro mil assinaturas.

 Casimiro de Pina formaliza candidatura “suprapartidária” com quase quatro mil assinaturas

“Não contamos com o apoio de nenhum dos partidos políticos, foi em tempo recorde, em menos de um mês (…), mas com a boa vontade da juventude conseguimos o maior número de subscritores”, precisou, segundo a Inforpress

José Henrique Andrade disse acreditar na candidatura de Casimiro de Pina por ser “suprapartidária”, que “não aceita interferência dos partidos políticos” e por respeitar a Constituição da República.

Por isso, o mandatário nacional de Casimiro de Pina apelou aos órgãos decisores, a alterar o Código Eleitoral, de forma a proibir que os partidos participem ou apoiem candidatos nas eleições presidenciais.

“Um candidato apoiado por um partido tem toda a máquina partidária ao seu redor. Isto tudo dificulta na igualdade de circunstância entre um candidato e o outro”, notou José Henrique Andrade, garantindo que a sua candidatura está “firme” por contar com o “apoio da juventude”.

“A juventude já se apercebeu desta situação e todos os cabo-verdianos estão cientes disso, porque é uma candidatura diferente, uma candidatura jovem, muito competente e que sabe respeitar a Constituição”, sublinhou.

Conforme a mesma fonte, o responsável apontou, contudo, que o propósito desta candidatura é ganhar as eleições, “seja na primeira ou segunda volta, dependendo da vontade do povo”.

“O nosso objectivo único é vencer as eleições presidenciais 17 de Outubro e o nosso candidato está sempre preparado para os debates, por ser um cidadão inteligente, sempre preparado, estudioso e actualizado”, concluiu o mandatário nacional da candidatura de Casimiro de Pina.

Casimiro de Pina torna-se, assim, no sétimo candidato a perfilar-se na corrida presidencial, depois de José Maria Neves, Carlos Veiga, Fernando Rocha Delgado, Hélio Sanches, Joaquim Monteiro e Gilson Alves terem formalizado as suas candidaturas.

De acordo com o calendário eleitoral, o prazo para a apresentação das candidaturas termina hoje, 60 dias antes do escrutínio, sendo que o sorteio da ordem a atribuir às candidaturas nos boletins de voto vai ser realizado na quinta-feira, 19, conclui a Inforpress.

Os artigos mais recentes

100% Prático

publicidade


  • Mediateca
    Cap-vert

    Uhau

    Uhau

    blogs

    publicidade

    Newsletter

    Abonnement

    Copyright 2018 ASemana Online | Crédito: AK-Project