ACTUALIDADE

A SEMANA : Primeiro diário caboverdiano em linha

Caso Alex Saab: Ministro diz que há muita especulação na imprensa internacional em relação a este processo 28 Dezembro 2020

O ministro dos Negócios Estrangeiros afirmou hoje desconhecer a informação segundo a qual os EUA enviaram um navio de guerra disfarçado a Cabo Verde para evitar a fuga do cidadão colombiano Alex Saab.

Caso Alex Saab: Ministro diz que há muita especulação na imprensa internacional em relação a este processo

“Existe muita especulação da imprensa internacional sobre o caso”, reforçou Luís Filipe Tavares.

O chefe da diplomacia cabo-verdiana reagia assim a notícia vinculada pelo jornal norte-americano New York Times (retomada pelo Asemanaonline), de acordo com o qual os Estados Unidos da América (EUA) enviaram para o arquipélago um navio de guerra disfarçado e altamente sofisticado para impedir uma possível operação de resgate do alegado testa-de-ferro de Nicolás Maduro, levada a cabo pelo Irão.

O cidadão colombiano Alex Saab, alvo de um mandado de captura internacional emitido pela Interpol, foi preso pelas autoridades cabo-verdianas em Junho quando viajava da Venezuela para o Irão.

“Esta a dar uma notícia nova. Há muita especulação na imprensa internacional em relação a essa matéria, o Governo de Cabo Verde já disse variadíssima vezes que não vamos comentar esse assunto até que haja uma decisão da justiça cabo-verdiano”, referiu.

Luís Filipe Tavares disse que Cabo Verde é um estado de direito democrático, com órgãos de soberania independentes e que o Governo vai respeitar as decisões judiciais de forma muito tranquila

O governante assegurou que o Governo está tranquilo e que as relações de Cabo Verde com a comunidade internacional “são excelentes” e que o arquipélago “não tem nenhum problema político/diplomático com nenhum país”, realçando que a relação com os EUA e Irão “são excelentes e vão continuar a ser muito boas”.

Por outro lado, afiançou que se trata de questões que quando existem devem ser tratadas em fórum próprio, “com toda a cautela e responsabilidade”, assegurando que “não há motivo de preocupação” em relação a esta ou outras matérias.

Alex Saab, 48 anos, foi detido em 12 de Junho pela Interpol e pelas autoridades cabo-verdianas durante uma escala técnica no Aeroporto Internacional Amílcar Cabral, na ilha do Sal, com base num mandado de captura internacional emitido pelos EUA. A Semana com Inforpress

Os artigos mais recentes

100% Prático

publicidade


  • Mediateca
    Cap-vert

    Uhau

    Uhau

    blogs

    publicidade

    Newsletter

    Abonnement

    Copyright 2018 ASemana Online | Crédito: AK-Project