POLÍTICA

A SEMANA : Primeiro diário caboverdiano em linha

Caso de concessão de linhas marítimas : PAICV acusa Parlamento de bloquear os trabalhos Comissão Parlamentar de Inquérito dos Transportes 29 Junho 2019

O líder parlamentar do PAICV (oposição), Rui Semedo, acusou, esta sexta-feira, o presidente da Assembleia Nacional, Jorge Santos, de dificultar os trabalhos da Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) dos Transportes, liderado pelo deputado Manuel Inocêncio.

 Caso de concessão de  linhas marítimas : PAICV acusa Parlamento de bloquear os trabalhos Comissão Parlamentar de Inquérito dos Transportes

Rui Semedo fez esta denúncia durante a apresentação do projecto de Propostas e Resolução que determinou a constituição da Comissão Parlamentar de Inquérito das barragens de Banca Furada (São Nicolau), Salineiro (Santiago) e Canto Cagarra (Santo Antão).

O deputado do PAICV revelou, segundo a Inforpress, que a Comissão Parlamentar de Inquérito sobre Transportes, liderada por Manuel Inocêncio, está tendo dificuldades em poder auscultar “individualidades importantes”, no sentido de recolher depoimentos fundamentais para a transparência do processo.

Segundo a mesma fonte, Rui Semedo acusou o presidente da Assembleia Nacional, Jorge Santos, e o parlamento, de dificultarem a ida da CPI a São Vicente, para auscultar operadores no domínio dos transportes marítimos, assim como a vinda destes operadores à Cidade da Praia, afirmando que poderá estar a ser criado um bloqueio ao funcionamento da CPI na sua fiscalização.

Estas declarações foram, entretanto, refutadas por Jorge Santos, para quem o parlamento tem estado a criar todas as condições para todas as CPI, tratando de “igual para igual” todos os parlamentares, refere a Inforpress.

Os artigos mais recentes

100% Prático

publicidade





Mediateca
Cap-vert

Uhau

Uhau

blogs

publicidade

Newsletter

Abonnement

Copyright 2018 ASemana Online | Crédito: AK-Project