OPINIÃO

A SEMANA : Primeiro diário caboverdiano em linha

Caso do administrador nomeado para Banco Mundial: A MI É CUBERTA NHA FAMÍLIA 31 Outubro 2022

O que me chamou a atenção e despertou o meu lado familiar foi agora a nomeação de Harold Tavares ou, aliás, a indicação e escolha pessoal, por parte do Senhor Primeiro-Ministro de Cabo Verde, para o Banco Mundial.

Por: Cândido Andrade*

Caso do administrador nomeado para Banco Mundial: A MI É CUBERTA NHA FAMÍLIA

Isso vem a propósito da nomeação de Harold Tavares para o Banco Mundial (BM) como Diretor Executivo Suplente, em representação de Cabo Verde e mais 22 Países Africanos incluindo o nosso País.

De uns tempos para cá, tenho verificado a preocupação desastrosa de certos medias (jornais) em macular a nossa família. Primeiro, foi a nomeação do deputado e atual Secretário-Geral do MpD, Luís Carlos Silva, escolhido a voto. Segundo uma conotação maldosa de nepotismo cruzado em relação à família que não existe, já que todos os nomeados são quadros da administração pública de Cabo Verde das respectivas áreas com formação superior e com alto grau de responsabilidade – é só pesquisar e consultar.

O que me chamou a atenção e despertou o meu lado familiar foi agora a nomeação de Harold Tavares ou, aliás, a indicação e escolha pessoal, por parte do Senhor Primeiro-Ministro de Cabo Verde, para o Banco Mundial.

Procurem saber como é que o Harold foi nomeado Diretor de Gabinete do PM. Sugiro perguntarem à Première, porque, do que eu sei, não há nenhuma ligação familiar entre a nossa família e o Sr. PM Ulisses Correia e Silva.

Como Diretor de Gabinete do PM, o senhor Harold coordenou de forma excelente os Trabalhos Intersetoriais em áreas sensíveis da ação governamental. Não sou eu a dizer isso nem é o PM, é o Staff que trabalhou com ele que confirma, é só perguntar lá no Palácio da Várzea.

Falando agora do Harold desde infância, as valências e habilidades e curiosidade do pequeno foram descobertas e os pais, ao perceberem, o apoiaram e desenvolveram. Como sei disso, é segredo familiar que guardo a sete chaves. A propósito, o nome Tavares vem do pai dele, o grande SABU. Pesquisem quem é.

As formações, bem como o caráter de Harold certamente levaram o PM a escolhê-lo, já que foi Diretor do seu Gabinete e o conhece bem. Também a sua formação, bem como as suas valências, habilidades e personalidade lhe permitem ser um grande executivo e gestor, uma vez que foi preparado para isso, o que pode ser comprovado por seu curriculum vitae.

A propósito, Harold, isto é só para dizer, em nome da nossa família, tanto nos Estados Unidos como em Cabo Verde, que te desejamos boa sorte e que você é o nosso orgulho.

Ia me esquecer: pesquisem e saberão que a nossa família faz parte do arco político dos dois maiores partidos de Cabo Verde e que convivemos com isso harmonicamente, é só consultar.

Como dizia um amigo meu, sou homem de um exército só, a minha arma é a minha caneta, mas como “a mi é coberta di nha família, pamodi sangui ka ta laba, pensem e parem! Pamodi, si bu xuputim tem más”.

Desde Salvador, Bahia, Brasil, na hora da comemoração da vitória de Lula. Um axé baiano desde as terras de Iemanjá (a Deusa da água), a protetora dos pescadores, e terra do grande escritor Jorge Amado.

Cando nha Popupa de Manel de Iaia de José Mancarra la di Lém Ferrera.
..

* Cândido Andrade (foto à esquerda camisa azul) familiar do nomeado administrador suplente para Banco Mundial (a direita com fato e gravata).

Os artigos mais recentes

100% Prático

publicidade


  • Mediateca
    Cap-vert

    Uhau

    Uhau

    blogs

    publicidade

    Newsletter

    Copyright 2018 ASemana Online | Crédito: AK-Project