AUTÁRQUICAS 2020

A SEMANA : Primeiro diário caboverdiano em linha

Casos da campanha nos Mosteiros: Carlos Fernandinho reage ao que considera ser as falácias do Lourenço Lopes 16 Outubro 2020

Em nota distribuída à imprensa, o Edil cessante dos Mosteiros reage às declarações do candidato do MpD à Câmara local sobre a alegada falta de transparência na gestão do Município. Carlos Fernandinho Teixeira desmonta que tudo não passa de falácias de Lourenço Lopes em tempos da campanha como o obetivo de atacar o seu bom nome. O autarca lembra que «as más práticas têm dono e a população dos Mosteiros sabe de onde vêm».

Casos da campanha nos Mosteiros: Carlos Fernandinho reage ao que considera ser as falácias do Lourenço Lopes

«As acusações de Lourenço Lopes sobre a eventual falta de transparência na gestão municipal que vimos fazendo, são gratuitas e despidas de quaisquer fundamentos e foram feitas apenas com a intenção de atacar o bom nome do atual presidente da Câmara Municipal dos Mosteiros. A nossa gestão em tempo eleitoral é idêntica à que vimos fazendo ao longo destes anos todos e vem sendo feita conforme os preceitos legais e com respeito aos princípios da transparência», fundamentou o autarca tambarina.

Indo mais longe, Carlos Fernandinho desafia que do Lourenço Lopes e seu partido (MpD) não recebe lições de transparência. «Ademais, deste candidato e do partido que representa, não recebo lições de transparência se tivermos em conta as discriminações e os compadrios que campeiam pelo país afora ao nível da governação e sem qualquer pudor para a necessária gestão de rigor que o país precisa».

Numa espécie de aviso à negação, o Edil cessante dos Mosteiros informa que, para o desespero do candidato ventoinha, vai continuar as obras em curso e cumprir o programa da governação municipal. “Naturalmente que, para o desespero do candidato, vamos continuar a gerir a câmara sempre da melhor forma possível, prosseguir as obras em curso e cumprir o nosso programa de governação do município até ao último dia. Mas entendo estas afirmações como um prelúdio da grande derrota que aí vem, pois o que estamos a notar é um candidato fraco que não convence e que utiliza todas as armas não políticas para influenciar o eleitorado».

Referindo-se ainda às acusações de Lourenço Lopes, a nota de imprensa remetida ao Asemanaonline faz questão de realçar que a população dos Mosteiros sabe de onde vêm as más práticas. «As más práticas têm dono e a população dos Mosteiros sabe de onde vêm. As acusações do Lourenço Lopes são um autêntico delírio em que tenta tirar dividendos políticos, mas que não surtirão qualquer efeito por serem falsas e injustas», conclui Carlos Fernandinho Teixeira.

Os artigos mais recentes

100% Prático

publicidade





  • Mediateca
    Cap-vert

    Uhau

    Uhau

    blogs

    publicidade

    Newsletter

    Abonnement

    Copyright 2018 ASemana Online | Crédito: AK-Project