ECONOMIA

A SEMANA : Primeiro diário caboverdiano em linha

Polémica sobre bagagens retidas: TACV garante que já reencaminhou os volumes e lamenta o incómodo causado aos passageiros 27 Fevereiro 2018

A TACV – Cabo Verde Airlines informa que encaminhou, na manhã desta segunda-feira, no voo vr606 Praia - Lisboa, a totalidade das bagagens, que não seguiu, junto com os passageiros, no voo Praia-Boston de 23 deste mês. A companhia em reestruturação para a privatização garante que as bagagens, num total de 84 volumes, deverão ser reencaminhadas, nas próximas 48 horas, para os seus destinatários no Boston-EUA e diz lamentar o sucedido com os incómodos causados aos passageiros.

Polémica sobre bagagens retidas: TACV garante que já reencaminhou os volumes e lamenta o incómodo causado aos passageiros

A partir do Sal onde funciona a base do projecto de hub aéreo, a companhia faz questão de realçar que, no seguimento do incidente com as bagagens dos passageiros no voo Praia – Boston, no passado dia 23 de fevereiro, terá informado os donos que as bagagens tiveram de ser retiradas do avião por razões operacionais, mas que já se encontram a caminho do Boston.

«No passado dia 23 de fevereiro, o voo TACV 690 de Praia – Boston reteve 84 volumes de bagagem por motivos de restrições operacionais. Os passageiros seguiram no voo para Boston, sendo feita a comunicação com o destino informando as bagagens retiradas, a fim de se agilizar o processo de reclamação no ponto de destino», lê-se na nota remetida ao Asemanaonline.

Conforme o documento, diz a TACV que iniciou de imediato, através dos seus voos e companhias terceiras, o processo de reencaminhamento das bagagens, mas que devido à hora de chegada do voo a Boston não foi possível indicar um prazo de entrega das mesmas aos destinatários.

«À chegada a Boston, os responsáveis de escala informaram os passageiros do sucedido, registando os contactos de todos para a posterior entrega de bagagens. A TACV afirma, no entanto, que no voo vr606 Praia - Lisboa, que partiu esta manhã, foram enviadas as bagagens na totalidade. As mesmas deverão ser reencaminhadas nas próximas 48 horas para Boston», assevera o comunicado da companhia.

A gerência da TACV – Cabo Verde Airlines afirma, no entanto, lamentar o não envio das bagagens junto dos passageiros do voo em causa, mas avisa que está a reforçar «a prioridade na segurança do voo e dos seus passageiros».

Os artigos mais recentes

100% Prático

publicidade
Cap-vert
Copyright 2018 ASemana Online | Crédito: AK-Project