NOTÍCIAS

A SEMANA : Primeiro diário caboverdiano em linha

Censura na China: “Inimigo do Povo” retirado do palco 14 Setembro 2018

A imprensa internacional repercute a indignação do grupo teatral alemão que teve canceladas as próximas representações da peça de Ibsen “Inimigo do Povo”. As atuações em Pequim suscitaram muita participação entre uma audiência muito crítica do governo de Xi Jinping.

Censura na China: “Inimigo do Povo” retirado do palco

O tema da manipulação da verdade pelo poder foi escrito em 1882, mas atravessando três séculos o dramaturgo norueguês Henrik Ibsen continua a incomodar.

O teatro de Nanjing onde estavam agendadas as próximas representações disse ao grupo Schaubühne que cancela tudo, devido a "problemas técnicos".

Mas os atores idos de Berlim disseram esta quarta-feira, 12, via televisão nacional alemã (ARD), que só saem da China quando tiverem uma justificação oficial escrita do cancelamento.

Inspira dramaturgos de oriente a ocidente

Públicos de culturas diferentes – dos Estados Unidos à União Indiana e Angola — têm aderido à ideologia presente na peça escrita em 1882.

O dramaturgo norueguês atravessa três séculos e leva autores do oriente ao ocidente a recriar a peça que tem uma história simples de dois irmãos.

Um o presidente do município, outro o médico. As águas da estância termal estão contaminadas, descobre o médico. A partir daí, o irmão tudo fará para o calar: transforma-o em inimigo do povo, o temível labelo que vem desde o Império Romano e levou ao cadafalso muitos dos revolucionários de 1789-92. O médico faz outra descoberta: está sozinho e tem contra si os munícipes que ele quis proteger.

A atualidade do tema da tirania.

Fontes: DW.de/Fox News/Boston News/Beijing News/BBC. Foto de palco. Link: https://www.bbc.co.uk/programmes/p006t3x5.

Os artigos mais recentes

100% Prático

publicidade



Mediateca
Cap-vert

blogs

Copyright 2018 ASemana Online | Crédito: AK-Project