LUSOFONIA

A SEMANA : Primeiro diário caboverdiano em linha

Portugal: Ex-ministro paga 22 ME para fugir à cadeia — Condenado a 6 anos por burla e fraude fiscal 14 Junho 2020

É destaque na imprensa portuguesa deste fim de semana o valor entregue pelo antigo ministro Arlindo de Carvalho para que o Tribunal da Relação de Lisboa suspenda a sua pena de prisão de seis anos, por burla e fraude fiscal no caso BPN.

Portugal: Ex-ministro paga 22 ME para fugir à cadeia — Condenado a 6 anos por burla e fraude fiscal

Há dezoito meses, o ministro da Saúde no 2º e 3º governo de Cavaco Silva (1987-91 e 1991-1993) foi em novembro de 2018 condenado à pena de prisão.

O antigo ministro foi um dos oito condenados — entre os quais Oliveira e Costa e o antigo ministro Dias Loureiro — no caso BPN. Arlindo de Carvalho foi sentenciado a seis anos e Oliveira e Costa a doze anos.

A fraude consistiu numa compra com recurso a crédito do BPN de ativos ao grupo Ricardo Oliveira, no valor de cerca de 75 milhões de euros, de 2005 a 2007, numa operação em que o banco assumiu o compromisso com prejuízo financeiro para a instituição bancária.

O valor entregue por Arlindo Carvalho — que além das referidas funções no Ministério da Saúde desempenhou outras funções governamentais no 1º e 2º governo de Cavaco Silva (1985-87 e 1987-91) corresponde a 10 milhões de euros em dinheiro e o restante em imóveis.Fontes: RTP/DN.

Os artigos mais recentes

100% Prático

publicidade





  • Mediateca
    Cap-vert

    Uhau

    Uhau

    blogs

    Copyright 2018 ASemana Online | Crédito: AK-Project