NOS KU NOS

A SEMANA : Primeiro diário caboverdiano em linha

Santiago: Cerca de 30 MIL LITROS de solução para a falsificação do grogue foram apreendidos e destruídos esta semana 28 Abril 2019

Cerca de 30 MIL LITROS de solução para a falsificação do grogue foram apreendidos e destruídos esta semana no interior de Santiago. Mais de 21 MIL LITROS da quantidade referida foram encontrados em Santa Cruz, concelho onde envolvidos nesse crime estão a resistir ao cumprimento da lei do grogue em vigor em Cabo Verde.

Santiago: Cerca de 30 MIL LITROS de solução para a falsificação do grogue foram apreendidos e destruídos esta semana

Conforme as autoridades sanitárias e de inspecção económica, a solução em causa é composta por recalda de açúcar refinado e água, solução essa que naturalmente não fermenta. É por esta razão, prosseguem as mesmas fontes, que são introduzidos produtos com carga biológica para provocar a fermentação.

A fazer fé nas mesmas entidades, esta prática tem afectando gravemente a saúde pública, levando a morte, muitas vezes, de jovens e deixando outros completamente doentes e dependentes.

Diante de tudo isto e na perspectiva da salvaguarda e sustentabilidade da economia nacional, a IGAE-Inspeção Geral da Atividade Económica e seus parceiros - Polícia Nacional e Fiscalização Municipal - têm feito fiscalização intensiva e que continuará até a selagem dos diferentes alambiques em funcionamento em várias ilhas de Cabo Verde, com destaque para os de Santo Antão e Santiago, que são as ilhas com mais tradição no fabrico de grogue - de cana e açudar.

Atendendo a legislação em vigor, os produtores envolvidos no esquema referido (os que são titulares das licenças de indústrias - de derivados de cana sacarina e outras) serão alvos de processos criminais e contra-ordenacionais, correndo assim riscos de serem retiradas as respetivas licenças.

Os artigos mais recentes

100% Prático

publicidade





Mediateca
Cap-vert

Uhau

Uhau

blogs

publicidade

Newsletter

Abonnement

Copyright 2018 ASemana Online | Crédito: AK-Project