INTERNACIONAL

A SEMANA : Primeiro diário caboverdiano em linha

China: 14 dias depois, equipa de resgate chega a 11 mineiros a c. 700 m ao fundo 25 Janeiro 2021

As televisões mostraram na manhã de domingo, 24, o resgate em direto do primeiro de onze homens resgatados com vida da mina de ouro à profundidade de mais de seiscentos metros, onde permaneceram duas semanas. As buscas continuam por mais dez mineiros.

China: 14 dias depois, equipa de resgate chega a 11 mineiros a c. 700 m ao fundo

O primeiro dos onze mineiros resgatados emergiu das profundezas e logo romperam aplausos dos presentes, na sua maioria socorristas. O homem resgatado tinha uma venda a tapar-lhe os olhos para o proteger dos primeiros raios de luz (fotos ao alto). "Estava muito fraco e foi conduzido ao hospital", segundo as fontes.

Cerca de uma hora depois do primeiro resgate, prosseguiu-se com a operação em outra secção da mina onde se encontravam mais dez mineiros. Um deles está ferido, segundo a televisão pública chinesa.

A entrada do túnel da mina Hushan, na província de Shandong, colapsou devido a uma explosão no dia 10. Vinte e dois mineiros ficaram encurralados no fundo da mina a 692 metros abaixo do nível do mar. Desconhece-se ainda o que causou a explosão.

O mineiro situado a mais de seiscentos metros (gráfico) acabou por falecer, não se sabe em que data. Dez outros estão desaparecidos e é pouco crível que haja sobreviventes entre eles.

Até há quinze anos eram muito frequentes os acidentes nas minas chinesas. Regulamentos muito severos fizeram baixar as mortes. 2020 foi o ano mais mortífero nas minas de carvão: trinta e nove mineiros morreram em explosões, em duas minas próximas à megacidade de Chongqing, no sudoeste chinês.

Cronologia

10 janeiro: uma explosão de origem desconhecida bloqueou a saída da mina. Durante uma semana, as equipas de socorro lançaram tubos para respiração e procuraram comunicar com os homens encurralados nas profundezas.

12 janeiro: ao terceiro dia da explosão, os gestores da mina foram presos. São acusados de infringir as regras de segurança, que os obrigavam a notificar o acidente no prazo de uma hora.

17 janeiro: primeira vez que se localizam onze mineiros, mas não há contacto.

18 janeiro: estabelece-se primeiro contacto.

Desde o dia 18 até à manhã deste domingo, com a comunicação a fluir os socorristas à superfície foram enviando medicamentos e alimentos aos mineiros no fundo da mina.

33 mineiros chilenos

Entre 05 de agosto e 13 de outubro de 2010, o mundo acompanhou a angústia dos trinta e três mineiros chilenos encurralados no fundo da mina de San Jose na província chilena de Atacama.

Ao fim de setenta e nove dias, todos saíram do fundo da mina de mais de 700 metros de profundidade. Todos sãos e salvos, exceto por sequelas psicológicas de que alguns continuam a sofrer.

Fontes: BBC/Xinhua News Agency/CCTV. Fotos: O resgate do primeiro soterrado foi acolhido com aplausos.

Os artigos mais recentes

100% Prático

publicidade


  • Mediateca
    Cap-vert

    Uhau

    Uhau

    blogs

    publicidade

    Newsletter

    Abonnement

    Copyright 2018 ASemana Online | Crédito: AK-Project