INTERNACIONAL

A SEMANA : Primeiro diário caboverdiano em linha

China: 4 dias de conclave, concorrentes KO, PR Xi até 2035 promete país mais rico, ecológico, justo e maior potência económica — 02 Novembro 2020

A segunda potência económica emerge mais forte da crise pandémica — que continua a flagelar a primeira potência e outros países. Mais forte após a reunião do PCC-Partido Comunista Chinês, está também Xi Jinping: eleito no fim de semana último por mais um mandato, o seu discurso de vitória traça objetivos de quem pretende continuar no poder até 2035.

China: 4 dias de conclave, concorrentes KO, PR Xi até 2035 promete país mais rico, ecológico, justo e maior potência económica —

As grandes linhas do plano quinquenal da República Popular da China, apresentado ao fim da reunião de quatro dias, mostram o "Pensamento de Xi Jinping sobre o socialismo com características chinesas para uma nova era", na certeza de que no horizonte 2035, a China "atingirrá o estatuto de país plenamente desenvolvido".

Vencer a América: o desafio que a China acredita alcançar, como se depreende do plano quinquenal de combate, que se abre para a "importante" etapa dos quinze anos. O grande objetivo é a China atingir em 2035 o dobro do tamanho da sua economia atual.


Rica, ecológica, justa e maior potência económica: mais que propaganda

A guerra comercial iniciada por Trump se pouco afetou os Estados Unidos, menos dano ainda causou ao país socialista. Isto explicará o sucesso de Xi, que desde 2012 ocupa o palácio de Zhongnanhai. A sede presidencial e os órgãos do PCC funcionam neste antigo palácio do império, edificado no século XIII. Daí que em chinês dizer Zhongnanhai tem o mesmo significado metonímico que "poder do PCC e poder presidencial".

Os analistas escrutinam o discurso de Xi Jinping e avaliam que é factível tudo quanto promete. Com o quádruplo da população dos Estados Unidos, basta-lhe que o rendimento per capita atinja pouco mais de um quarto e o PIB duplique para chegar ao nível do país de Trump.

As projeções são pois otimistas: em 2024, o país terá um rendimento per capita de catorze mil dólares e o consumo interno aumentará com a nova classe média, de mais de 560 milhões de consumidores.

Fontes: SCMP/Le Figaro. Foto: O presidente Xi Jinping, de 67 anos — que acaba de vencer a disputa da liderança do PCC e da RPC feita longe do foco mediático —, projeta a China até 2035, decerto sob a sua liderança.

Os artigos mais recentes

100% Prático

publicidade





  • Mediateca
    Cap-vert

    Uhau

    Uhau

    blogs

    publicidade

    Newsletter

    Abonnement

    Copyright 2018 ASemana Online | Crédito: AK-Project