REGISTOS

A SEMANA : Primeiro diário caboverdiano em linha

Afeganistão: 1ª ativista executada pelos talibãs 08 Novembro 2021

As denúncias dão conta que desde 15 de agosto o poder talibã destituiu as mulheres de todos os cargos e lhes congelou as contas bancárias, que a violência reprime os protestos das que saem à rua e que as ativistas são perseguidas — prova-se que até à morte. Frozan Safi, na foto, ativista e professora de economia de 29 anos, foi morta a tiro no norte do Afeganistão.

 Afeganistão: 1ª ativista executada pelos talibãs

A defensora dos direitos das mulheres Frozan Safi estava desaparecida desde 20 de outubro, após receber uma chamada a dar-lhe instruções para ser acolhida numa casa segura antes de partir par a Alemanha, disse a irmã, Rita Safi., citada pelo online londrino Guardian.

Dezasseis dias depois a irmã médica reconheceu o seu corpo, juntamente com o de outra mulher, na morgue dum hospital na cidade de Balkh, no norte do Afeganistão. Segundo o pai, Abdul Rahman Safi, o corpo encontrado num fosso perto da cidade dera entrada no hospital como de "desconhecida".

"Só a reconhecemos pelas roupas. As balas destruíram o seu rosto", disse a irmã ao online Guardian. "Havia ferimentos de bala por toda a parte, que ficaram sem contar, na cabeça, coração, tórax, rins e pernas", descreveu Rita Safi.

A versão oficial é que Frozan Safi terá sido uma de três vítimas de uma "rixa pessoal". Isto disse um porta-voz do governo talibã, ao anunciar que o corpo da jovem ativista e professora foi encontrado ao lado dos corpos de dois homens numa casa em Mazar-i-Sharif, cidade no norte do país.

"Nós simplesmente não sabemos quem a matou", rematou a irmã da ativista.

Fontes: Guardian/Sentinel India/Italy24news. Relacionado: 220 juízes afegãs que criminosos condenados perseguem, 29.set.021. Fotos: Frozan Safi, 1ª ativista executada pelos talibãs. Soldados talibãs omnipresentes a impor a ordem, em especial a que obriga as mulheres a andar de burqa.

Os artigos mais recentes

100% Prático

publicidade


  • Mediateca
    Cap-vert

    Uhau

    Uhau

    blogs

    Copyright 2018 ASemana Online | Crédito: AK-Project