ECONOMIA

A SEMANA : Primeiro diário caboverdiano em linha

China ameaça ficar com porto de Nairobi, prossegue guerra comercial com EUA apesar de Japão pacificador 17 Mar�o 2021

Em Nairobi, o ministro das Finanças garantiu que a República da Quénia vai continuar a cumprir as obrigações da dívida com a China, pelo que o credor não "tem razão" em ameaçar ficar com o maior porto queniano, o de Mombaça.sa (foto). Também a China é o tema principal do encontro hoje (3ª fª, 16) entre os ministros de defesa do Japão, Nobuo Kishi , e dos Estados Unidos, Lloyd Austin, em Tóquio.

China ameaça ficar com porto de Nairobi, prossegue guerra comercial  com EUA apesar de Japão pacificador

Em Nairobi, o ministro Ukur Yatani refutou esta manhã as notícias divulgadas ontem por media locais e repetidas pela imprensa estrangeira de que o principal porto, o de Mombasa.ça, está "dados os sucessivos incumprimentos da dívida queniana" prestes a ser arrestado pela China.

A ambição chinesa de dominar a região do sul e leste do Mar da China traz inquietações sobre a segurança na região do Indo-Pacífico, as quais terão sido eterminantes para a grande aproximação que se verificou na realção entre o Japão e os Estados Unidos.

Tornou-se notório que durante a presidência Trump e a primatura de Shinzo Abe este apostou no papel de pacificador. A mesma função parece ter entre os arquirrivais o primeiro-ministro Suga, sucessor de Abe.

— -
Fontes: Asia Nikkei/BBC/ Japan Times/Kenya Times. Fotos: Porto de Mombasa.ça.

Os artigos mais recentes

100% Prático

publicidade


  • Mediateca
    Cap-vert

    Uhau

    Uhau

    blogs