ECONOMIA

A SEMANA : Primeiro diário caboverdiano em linha

China está a acumular reservas de petróleo na baixa de preço 25 Abril 2020

A China, o maior consumidor de energia do mundo, está a acumular reservas de petróleo neste momento de queda nos preços devido à pandemia, que paralisou países inteiros.

China está a acumular reservas de petróleo na baixa de preço

O país onde se iniciou o surto de coronavírus comprou mais 5% de petróleo no primeiro trimestre deste ano, em comparação com o ano passado.

Em março, à medida que os preços globais caíam os importadores chineses enviaram 84 petroleiros para a Arábia Saudita. Cada um dos navios-tanque tem capacidade para transportar dois milhões de barris, segundo dados da Associação da Indústria de Construção Naval da China.

A baixa nos "preços do petróleo tem um impacto positivo para a China", admitiu a Comissão Política e Jurídica do Partido Comunista Chinês na sua conta nas redes sociais.

Mas analistas entendem que a situação pode ser uma ameaça para a autossuficiência energética da China: "a estatal PetroChina Ltd está a perder quantias enormes de dinheiro. Se decidir reduzir gastos e não abrir novos poços vai levar muito tempo e dinheiro para que a produção volte ao normal", disse o analista Max Petrov, da consultora Mackenzie.

Fontes: AP/Financial Times.

Os artigos mais recentes

100% Prático

publicidade





  • Mediateca
    Cap-vert

    Uhau

    Uhau

    blogs

    publicidade

    Newsletter

    Abonnement

    Copyright 2018 ASemana Online | Crédito: AK-Project