LUSOFONIA

A SEMANA : Primeiro diário caboverdiano em linha

China multa empreiteiro com presença lusófona devido a material de fraca qualidade 23 Novembro 2022

O governo da província de Zhejiang, no leste da China, multou a China Railway Construction Corporation (CRCC), um empreiteiro estatal com presença em Angola, Brasil e Timor-Leste, por usar material e equipamento de fraca qualidade.

China multa empreiteiro com presença lusófona devido a material de fraca qualidade

Num comunicado, o Gabinete Municipal de Transportes de Hangzhou, capital de Zhejiang, anunciou uma multa de 338.800 yuan (mais de 46.130 euros) ligada à reabilitação de uma autoestrada.

Segundo o gabinete, uma subsidiaria da CRCC “usou material, componentes e equipamento de construção não adequado e levou a cabo trabalhos que não seguiram os planos de engenharia ou os padrões técnicos de construção”.

A autoestrada G235 liga as províncias de Jiangsu, no leste do país, e de Guangdong, no sul, sendo que o contrato atribuído à CRRC, no valor de 105 milhões de yuan (14 milhões de euros), envolveu um troço de 11,3 quilómetros.

A CRCC está a construir o novo Porto de Beaço, que se vai inserir na nova unidade de processamento de gás natural vindo do projeto do Greater Sunrise, no sul de Timor-Leste, e avaliado em 943 milhões de dólares (917,8 milhões de dólares).

O empreiteiro faz também parte de um consórcio, formado por empresas estatais chinesas, que venceu em 2019 um leilão para construir e operar aquela que será a segunda maior ponte do Brasil, no estado da Bahia (nordeste).

A CRCC está ainda presente em Angola onde, entre outros projetos, concluiu em julho um sistema de abastecimento de água potável a cerca de 600 mil habitantes de Cabinda, a província mais a norte do país.

A Semana com Lusa

Os artigos mais recentes

100% Prático

publicidade


  • Mediateca
    Cap-vert

    Uhau

    Uhau

    blogs

    publicidade

    Newsletter

    Copyright 2018 ASemana Online | Crédito: AK-Project