REGISTOS

A SEMANA : Primeiro diário caboverdiano em linha

China no Ano Novo Lunar : Testes de covid-19 nasal, laríngeo e "mais eficaz o anal" 31 Janeiro 2021

A maior eficácia do teste anal de Covid-19 está a ser defendida, com base em investigação médica que mostra que o vírus permanece mais tempo no sistema intestinal. As medidas de combate são milhões de pessoas testadas por semana, constante limpeza dos espaços públicos. "Não vamos tolerar o mínimo vestígio do vírus, vamos testar tudo e se for detetado vamos destruí-lo. Antes que nos destrua". Estas são as linhas de orientação do Ministério da Saúde chinês para a ’campanha de tolerância-zero à Covid’.

China  no Ano Novo Lunar : Testes de covid-19  nasal, laríngeo e

Segundo o médico Li Tongzeng, diretor do centro das doenças respiratórias e infecciosas do hospital Beijing You An, em entrevista à televisão estatal quarta-feira, 27, o teste anal da Covid-19 pode ser mais confiável que os outros, sobretudo quando se trata de detetar os casos assintomáticos.

Contudo, o seu uso por enquanto está restringido aos grupos de risco, incluindo os colocados em centros de quarentena, referiu o responsável chinês.

Foi num desses centros de quarentena que na sexta-feira, 29, a reportagem da Bloomberg ouviu, sob anonimato, uma cidadã a falar da sua experiência.

Ela contou que vinda de Hong Kong há duas semanas, foi colocada em quarentena obrigatória num hotel da capital chinesa. Depois de fazer três vezes o teste naso-laríngeo, uma vez um teste sanguíneo e duas vezes depois de testado o seu quarto de hotel, foi-lhe pedido para fazer o teste anal.

Críticas

Nem todos os especialistas são favoráveis ao uso do novo teste. Entre eles o especialista em patologias do sistema respiratório, Yang Zhanqiu, que afirma ser o teste nasal o mais eficaz e está contra o uso dum teste anal para detetar uma doença no sistema respiratório.

Em entrevista ao China’s Global Times, o patologista da universidade de Wuhan, onde começou o surto em dezembro de 2019 — afirmou: "Os testes até agora realizados a excrementos e que provaram ser positivos à Covid-19, contudo não esclarecem qual a via de transmissão. Ainda não sabemos se há transmissão através do sistema digestivo".

Críticas: o exemplo de Nova Zelândia

Os críticos dos teste anal comparam com a quase total eliminação do vírus patogénico na Nova Zelândia, onde no entanto não foi realizado esse tipo de teste.

Fontes: Forbes/outras referidas. Fotos: O teste anal em demonstração médica. Filas para testes num bairro de Pequim. Também são testados os alimentos importados e os contentores que os trazem.

Os artigos mais recentes

100% Prático

publicidade


  • Mediateca
    Cap-vert

    Uhau

    Uhau

    blogs

    publicidade

    Newsletter

    Abonnement

    Copyright 2018 ASemana Online | Crédito: AK-Project