ACTUALIDADE

A SEMANA : Primeiro diário caboverdiano em linha

Cidade da Praia já tem infraestrutura da Direção Central de Investigação Criminal da Polícia Nacional 11 Fevereiro 2021

O ministro da Administração Interna, Paulo Rocha, inaugurou, esta terça-feira, 09, a Direção Central de Investigação Criminal da Polícia Nacional (DCIC), que fica situada na Prainha, Cidade da Praia. Trata-se do órgão central da Polícia Nacional (PN) que dirige, coordena e executa a investigação criminal e coadjuva as autoridades judiciárias competentes, em articulação com outros órgãos de polícia criminal.

Cidade da Praia já tem infraestrutura da Direção Central de Investigação Criminal da Polícia Nacional

De acordo com a página oficial do Governo de Cabo Verde, a importância desta estrutura prende-se com a qualificação e o reforço da investigação criminal na PN, mas também com a necessidade de ter uma estrutura coordenadora a nível nacional por forma a que a Polícia Nacional continue a dar, através da investigação criminal, um apoio substancial na investigação e instrução de processos crime.

“Aqui funcionará a divisão de investigação criminal em articulação com as esquadras e os núcleos de investigação criminal um pouco por todo o país, estarão a priorizar a investigação criminal como uma das frentes da PN. A DCIC fará esta coordenação, é a Estrutura responsável pela articulação direta quer com o Ministério Público, quer com a Procuradoria Geral, quer com as outras forças de segurança que se dedicam a investigação criminal nomeadamente a PJ”, explicou Paulo Rocha, que presidiu a cerimónia de inauguração da infraestrutura.

Durante o seu discurso, o governante relembrou o percurso da Direção Central de Investigação Criminal, que começou como uma assistência técnica, visando perceber qual era o melhor modelo e quais eram as melhores lições que se adequariam à nossa realidade.

“Tivemos que alterar a lei orgânica da Polícia Nacional, prevendo uma estrutura coordenadora de investigação criminal. Outras alterações legais foram feitas, como a lei de investigação criminal, a lei de polícia criminal. Tivemos que adquirir equipamentos e materiais vários, realizar ações de formação, entre outras”, recorda o ministro do interior de Cabo Verde.

Os artigos mais recentes

100% Prático

publicidade


  • Mediateca
    Cap-vert

    Uhau

    Uhau

    blogs

    publicidade

    Newsletter

    Abonnement

    Copyright 2018 ASemana Online | Crédito: AK-Project