ACTUALIDADE

A SEMANA : Primeiro diário caboverdiano em linha

Comissão mista Cabo Verde/Guiné-Bissau à espera de concertação política para operacionalização – embaixadora 30 Mar�o 2022

A Comissão mista entre Cabo Verde e Guiné-Bissau para a redefinição das áreas prioritárias para a dinamização das relações de cooperação entre os dois países está ainda à espera de concertação política para sua operacionalização.

Comissão mista Cabo Verde/Guiné-Bissau à espera de concertação política para operacionalização – embaixadora

A informação foi avançada hoje pela embaixadora da Guiné-Bissau em Cabo Verde, Basiliana Tavares, em conversa com os jornalistas à saída de uma visita de cortesia ao Presidente da República, José Maria Neves, momento que, conforme disse, foi aproveitado para passar em revista as relações entre os dois países.

“Passamos em revista as nossas relações de amizade, de cooperação e de consanguinidade e falamos da possibilidade de aprofundar e dinamizar essas relações em diferentes áreas e também da possibilidade de identificar áreas prioritárias através da realização de uma comissão mista porque houve assinatura de vários acordos que nunca foram implementados”, disse.

A diplomata guineense sublinhou que agora com a “nova vontade política” de ambas as partes há a necessidade de dinamizar essas relações bilaterais e prometeu ao chefe de Estado cabo-verdiano diligenciar para a operacionalização desta comissão mista.

“Realmente, é pertinente realizar essa comissão mista porque foram celebrados vários acordos e essa comissão mista é para avaliar o estado da implementação desses acordos, ver a possibilidade de criarmos novos mecanismos de acompanhamento e execução dos mesmos”, disse.

Basiliana Tavares sublinhou que a embaixada enquanto representação no arquipélago junto do Governo cabo-verdiano vai passar essas informações e enquanto entidade técnica vai diligenciar no sentido dessa comissão se tornar realidade.

“Essa diligência vai ser feita junto do nosso Governo, do Ministério dos Negócios Estrangeiros, enquanto instituição intermediária, entre os diversos sectores, para que possamos ver a possibilidade de realizar ainda este ano a comissão mista, porque só isto é que vai nos permitir identificar as áreas prioritárias”, sustentou.

A embaixadora sublinhou que Guiné-Bissau e Cabo Verde são dois países com grandes potencialidades e manifestou o interesse do seu país em estabelecer ligações regulares com Cabo Verde pelas vias marítima e aérea e desenvolver ações de cooperação nas áreas da educação, da saúde e a nível empresarial.

A Comissão Mista entre Cabo Verde e Guiné Bissau tinha sido proposta pelo Presidente da República da Guiné-Bissau, Umaro Sissoco Embaló, durante a visita oficial que realizou à Cabo Verde em Julho de 2021, à convite do seu então homólogo cabo-verdiano, Jorge Carlos Fonseca.

A Semana com Inforpress

Os artigos mais recentes

100% Prático

publicidade


  • Mediateca
    Cap-vert

    Uhau

    Uhau

    blogs

    Copyright 2018 ASemana Online | Crédito: AK-Project