Cultura

A SEMANA : Primeiro diário caboverdiano em linha

Conversa I. — Independência do Brasil 14 Mar�o 2022

— Vai presenciar o seu segundo centenário da independência.

Conversa I. — Independência do Brasil

A: — Tem 105 anos! A "dona Cleo", como prefere ser chamada.

B: — Cleo, como Cleópatra "a glória do pai"?

A: — Acho que nunca daria a uma filha minha tal nome.

B: — Cleópatra ... Carga pesada! É a manipuladora, é a poliândrica de dois maridos vivos ... enganados com palavras doces tragam o veneno que ela lhes instila.

A: — Pois é!, são tantos os lugares-comuns que rodeiam a egípcia desde há dois mil anos ...

B: — Carga pesada! Mas conta-me...

A: — A dona Cleonice Berardinelli traz como tu no nome, Tomás/Thomaz, as marcas da reforma. Nela são os nomes do meio: Seroa da Mota —

B: — Deixa ver: na grafia antiga, Serôa da Motta —

A: — Um acento circunflexo e o "t" geminado.

B: — Aristocratizante.

A: — É capaz de ser isso —

B: — Conta mais: lugar e data —

A: — Carioca, 28 de agosto de 1916.

B: — Vai presenciar o seu segundo centenário da independência.

A: — Foi a primeira a escrever uma tese sobre Fernando Pessoa —

B: — Isso foi quando?

A: — Em 1959. E quase sessenta anos depois aí está ela no You Tube a ensinar a Maria Betânia a bem ritmar os poemas musicáveis de Pessoa e heterónimos.

Os artigos mais recentes

100% Prático

publicidade


  • Mediateca
    Cap-vert

    Uhau

    Uhau

    blogs

    Copyright 2018 ASemana Online | Crédito: AK-Project