NOS KU NOS

A SEMANA : Primeiro diário caboverdiano em linha

Conversa Interrompida — Fura-filas, eu?! 29 Mar�o 2021

Chamaram-me e fui. Ofereceram-me e aceitei, porque não prejudica ninguém, só os invejosos. Fura-fila, não aceito... que nem tive de fazer acrobacia, estava quietinho e veio cair na minha mão.

Conversa Interrompida — Fura-filas, eu?!

A: ‘Tás no Facebook a receber a vacina —

B: Podes ver-me também no Insta e –

A: Por que carga d’água? —

B: Chamaram-me e fui –

A: Quem te ia chamar sem estares no grupo prioritário? —

B: Diz-me lá: Se estivesses no meu lugar não ias?—

A: Não, não ia —

B: Não te acredito —

A: Pensei que me conhecias melhor —

B: Bem... tu tens uma maneira estranha de —

A: A minha ética é estranha? —

B: Pelo menos, estrangeira –

A: Vou esclarecer-te: A minha ética não é estranha mas entranhada, não é estrangeira mas está no nosso ADN –

B: Deliras! O nosso ADN ainda está por destrinçar com tanto trânsito a passar por aqui –

A: Voltemos à vaca-fria: tu cometes um ato vergonhoso, anti-ético, de fura-filas e vens logo para os social-media gabar-te –

B: Quem pode pode, quem não –
A: Pois é! O braço a ser beijado pela seringa é o vosso token —

B: Não me importo que o digas —

A: O quê? pedante? —

B: Chama-me snob, que é mais chique e de acordo como o meu status —

A: Novo sinal de estatuto social: fura-filas —

B: Fura-filas, eu?! Não fui o 1º. Bedje más bedje —

Nota: Qualquer correspondência com a realidade não é mera coincidência. Ilustração à parte...

Os artigos mais recentes

100% Prático

publicidade


  • Mediateca
    Cap-vert

    Uhau

    Uhau

    blogs

    Copyright 2018 ASemana Online | Crédito: AK-Project