SOCIAL

A SEMANA : Primeiro diário caboverdiano em linha

Conversa aberta com Presidente da República de Cabo Verde no Sal: Jovens manifestam preocupados com o não pagamento das indemnizações dos ex-funcionários dos hotéis Meliã 14 Agosto 2021

Os jovens da ilha do Sal manifestaram ao Presidente da República de Cabo Verde, Jorge Carlos Fonseca, durante uma conversa aberta, a sua preocupação face ao não pagamento das indemnizações dos ex-funcionários dos hotéis Meliã - Tortuga Beach Resort, Dunas e Llana - e a decisão do Governo de implementação da obrigatoriedade da carteira profissional para profissões do sector do turismo. Questionam se os jovens que terminarem o 12º ano e não tiverem condições para frequentar um curso vão ficar sem trabalhar.

 Conversa aberta com Presidente da República de Cabo Verde no Sal: Jovens manifestam preocupados com o não pagamento das indemnizações dos ex-funcionários dos  hotéis Meliã

Em comemoração ao Dia Mundial da Juventude que se assinalou esta quinta-feira, 12 de agosto, o Presidente da República de Cabo Verde, reuniu-se com os jovens da ilha do Sal, numa conversa aberta para auscultar as suas preocupações, tendo em conta o contexto atual da pandemia de COVID-19. Questões relativamente ao não pagamento das indemnizações dos ex-funcionários dos hotéis Meliã - Tortuga Beach Resort, Dunas e Llana - e a decisão do Governo de implementação da obrigatoriedade da carteira profissional para profissões do sector do turismo, foram algumas das inquietações anunciadas pelos salenses que questionam se os jovens que terminarem o 12º ano e não tiverem condições para frequentar um curso vão ficar sem trabalhar uma vez que a maioria procura emprego nos hotéis.

Jorge Carlos Fonseca, após ouvir as aflições dos jovens, sustenta que esta matéria não é da responsabilidade do presidente da República, porém promete levar este assunto ao Governo.

“Sempre apoiei a medida de lay-off para que as empresas não desaparecem. Há políticas sociais para ajudar as pessoas mais vulneráveis, nomeadamente, a distribuição de cestas básicas, atraso do pagamento de empréstimos nos bancos e outras coisas que o Governo tem vindo a fazer. Entretanto, sempre digo ao Governo que é preciso fazer mais. Tudo o que for possível fazer eu vou fazer para apoiar as empresas e os trabalhadores, porém não podemos nos esquecer que Cabo Verde tem uma dívida que cresceu muito com esta pandemia. Por isso, neste momento é praticamente difícil contrair mais dívidas, mas esta questão será levada ao primeiro-ministro visto que este tipo de situação não é da responsabilidade do Presidente da República”, reiterou a fonte.

Não obstante, o chefe de Estado aproveita esta oportunidade para desafiar os jovens a serem mais proativos e não ficarem à espera que as coisas aconteçam.

"Os jovens não podem ficar à espera. A atitude dos jovens não pode ser de pedir bolsa, pedir vaga, trabalho, pedir o primeiro emprego e placas desportivas. Devem apresentar propostas. É mais fácil apresentar soluções e ser agente da mudança e o progresso de Cabo Verde. Podem fazer isso através de associações, empreendedorismo, a criatividade, apostar nas novas tecnologias, nas indústrias criativas e no estudo", afirmou.

Vacinaçáo e retoma económica

Para o chefe da Nação cabo-verdiana, a vacinação é o melhor caminho para garantir a retoma rápida da economia e melhorar a situação da ilha mais turística de Cabo Verde. Neste sentido, apela aos jovens para que se vacinem.

“A retoma será sempre progressiva, quanto mais depressa melhor. Uma ilha como o Sal é bom seguirmos o caminho da vacinação para termos a segurança sanitária. É preciso tornar a ilha numa ilha segura a nível sanitário para podermos retomar o turismo de forma segura. É preciso vencer a pandemia”, expressou.

Com grande satisfação, Jorge Carlos Fonseca ressaltou o facto de este ser o encontro 149 com os jovens, como Presidente da República, há praticamente dez anos.

Sob o lema Juventude Responsável, juventude saudável, o chefe de estado exortou os jovens, durante a conversa aberta, a terem autoestima, proatividade, criatividade e responsabilidade na luta contra a covid-19, para mais rapidamente possível, vencermos a pandemia, de modo a se poder retomar a economia na ilha do Sal.

LC/Redação

Os artigos mais recentes

100% Prático

publicidade


  • Mediateca
    Cap-vert

    Uhau

    Uhau

    blogs

    publicidade

    Newsletter

    Abonnement

    Copyright 2018 ASemana Online | Crédito: AK-Project