INTERNACIONAL

A SEMANA : Primeiro diário caboverdiano em linha

Coreia do Sul: Melhor Filme é “uma notícia boa, no meio da epidemia do coronavírus” 11 Fevereiro 2020

O presidente sul-coreano, Moon Jae-In, e o seu gabinete começaram a reunião na manhã de segunda-feira com uma salva de palmas a celebrar o Óscar de Melhor Filme de 2020 atribuído ao filme ’Parasite/Parasitas’. Horas depois, o presidente expressou na sua conta Twitter o quanto se sentia orgulhoso do conterrâneo Bong e equipa de cinema. “Estou-lhes muito grato e orgulhoso, porque estão a encorajar o nosso povo que enfrenta muitas dificuldades”, disse Park em referência à epidemia do coronavírus.

Coreia do Sul: Melhor Filme é “uma notícia boa, no meio da epidemia do coronavírus”

“É uma notícia boa, como a chuva que cai, para a República da Coreia que está em depressão, estagnada e em desespero devido à pneumonia de Wuhan”, expressou o líder do LKP-Partido da Liberdade da Coreia, o principal partido da oposição.

Estudantes da universidade onde Bong se formou congratularam-se com o prémio ao filme que trata “as desigualdades sociais” na Coreia do Sul, como afirmou Jeong Ho-Cheol.

O estudante de 26 anos elogiou o realizador Bong pela sua capacidade de agradar tanto à crítica de cinema como às multidões: “A maneira bem expressiva como apresenta a classe marginalizada e a sua relação com os privilegiados chega a todos”, disse o estudante.

“Esta foi a grande oportunidade para mostrar ao mundo que a Coreia do Sul tem uma grande indústria de filmes, disse o empregado administrativo Cho Sung-Ho, de 54 anos. “É para mim muito significativo que o Óscar este ano tenha reconhecido a qualidade superior dos filmes da Coreia (do Sul)”.

Fontes: Associated Press/South China Morning Post. Foto: Realizador Bong orgulha o seu país, Coreia do Sul.

Os artigos mais recentes

100% Prático

publicidade





  • Mediateca
    Cap-vert

    Uhau

    Uhau

    blogs

    publicidade

    Newsletter

    Abonnement

    Copyright 2018 ASemana Online | Crédito: AK-Project