REGISTOS

A SEMANA : Primeiro diário caboverdiano em linha

Coronavírus mata 36.674 pessoas e infeta quase 760 mil em todo o mundo 31 Mar�o 2020

A pandemia do novo coronavírus já matou, pelo menos, 36.674 pessoas em todo o mundo desde seu surgimento em Dezembro na China, de acordo com um balanço feito pela agência a AFP, esta segunda-feira, 30, a partir de fontes oficiais dos vários países atingidos pelo flagelo.

Coronavírus mata 36.674 pessoas e infeta quase 760 mil em todo o mundo

De acordo com os dados recolhidos pela agência noticiosa francesa, mais de 757.940 casos de infeção foram oficialmente, diagnosticados em 184 países e territórios desde o início da epidemia, em Dezembro passado, na China.

Conforme escreve a Lusa, a AFP alerta, contudo, que o número de casos diagnosticados reflete apenas uma fração do número real de infeções, com um grande número de países a testarem agora apenas os casos que requerem atendimento hospitalar. Entre esses casos, pelo menos 148.700 são hoje, considerados curados.“Os países com mais mortes nas últimas 24 horas foram Itália e Espanha, com 812 novas mortes cada, e os Estados Unidos (477)”, cita a fonte.

Refira-se que a Itália, registou sua primeira morte ligada ao coronavírus no final de fevereiro passado, tem atualmente 11.591 mortes, para 101.739 casos, com 812 óbitos e 4.050 novos casos sido anunciados esta segunda-feira, numa altura em que 14.620 pessoas são consideradas curadas pelas autoridades italianas.

Depois da Itália, os países mais afetados são a Espanha, com 7.340 mortes, para 85.195 casos, a China continental, com 3.304 mortes (81.470 casos), a França, com 3.024 mortes (44.550 casos) e os Estados Unidos, com 2.828 mortes (153.246 casos).

“A China (sem os territórios de Hong Kong e Macau) contabilizou 81.470 casos (31 novos entre domingo e hoje), incluindo 3.304 mortes (quatro novas) e 75.448 curas”, cita a Lusa.

De salientar, que em número de casos, os Estados Unidos da América (EUA) são o país mais afetado, com 153.246 contaminações listadas oficialmente, incluindo 2.828 mortes e 5.545 curas.

A Europa totalizava no final da tarde desta terça-feira 26.543 mortes, para 413.832 casos, a Ásia com 3.837 mortes (106.891 casos), os Estados Unidos e Canadá 2.898 mortes (160.532 casos), no Médio Oriente 2.856 mortes (51.377 casos), a América Latina e Caribe com 357 mortes (15.334 casos), África 163 mortes (5.113 casos) e a Oceânia com 20 mortes (4.865 casos).

Este relatório foi realizado, de acordo com os dados recolhidos pelos escritórios da AFP junto das autoridades nacionais competentes e informações da Organização Mundial da Saúde (OMS).

A Lusa escreve ainda que em Portugal, o balanço feito esta terça-feira, pela Direção-Geral da Saúde, registaram-se 140 mortes, mais 21 do que na véspera (+17,6%), e 6.408 casos de infeções confirmadas, o que representa um aumento de 446 em relação a domingo (+7,5%). “Dos infetados, 571 estão internados, 164 dos quais em unidades de cuidados intensivos, e há 43 doentes que já recuperaram”.

Os artigos mais recentes

100% Prático

publicidade





  • Mediateca
    Cap-vert

    Uhau

    Uhau

    blogs

    Copyright 2018 ASemana Online | Crédito: AK-Project