REGISTOS

A SEMANA : Primeiro diário caboverdiano em linha

Covid-19: 2º óbito em França — Epidemiologista avisa: "Tivemos sorte, mas esta vai acabar" 27 Fevereiro 2020

O homem de 60 anos entrou na terça-feira, 25, na urgência do hospital "em estado gravíssimo e faleceu na mesma noite, terça-feira para quarta-feira", anunciou o diretor-geral Jérôme Salomon, número dois do Ministério da Saúde. É o primeiro francês que sucumbe ao contágio do novo coronavírus, onze dias depois do primeiro óbito em França, de um turista chinês octogenário.

Covid-19: 2º óbito em França — Epidemiologista avisa:

O primeiro óbito de um nacional francês ocorre quando o balanço em França é, até esta quarta-feira, 26, de dois óbitos, onze recuperações e quatro pessoas ainda hospitalizadas, anunciou o referido responsável do Ministério da Saúde francês.

Antes de se chegar aos atuais 17 casos confirmados, a França já debatia a eventualidade de fechar a fronteira com a Itália, que é na Europa o país mais flagelado pelo Covid-19 — a situação em Itália desde sexta-feira 21, saltou de 14 casos para 374 casos infecciosos.

Entre os proponentes da medida, drástica, de fechar a fronteira com a Itália — onde se registam 374 contagiados e 12 óbitos — está o epidemiologista Arnaud Fontanet.

O diretor da Unidade de Epidemiologia das Doenças Emergentes, no Instituto Pasteur de Paris, entrevistado no mesmo dia pelo Le Monde afirmou que a "França está bem preparada e até agora tem tido sorte", mas que "vai ser difícil continuar assim".

"A comunicação correu bem entre Singapura, as autoridades sanitárias britânicas e as autoridades sanitárias francesas. Se não fosse assim, as cinco pessoas doentes — todas com poucos sintomas — teriam contagiado muitas mais… Nesse caso, íamos ter um foco muitíssimo mais importante e mais difícil de controlar. Tivemos sorte, mas esta vai acabar", disse Fontanet.

Afinal não há quarentena e há Juventus Torino-O.Lyonnais

Contra todos os receios e por entre críticas da oposição, mantém-se a partida do calendário europeu que opõe, na noite de hoje (quarta-feira, 26), a Juventus Torino e o Olympique Lyonnais.

Turim, a cidade sede da Juventus distante quinhentos quilómetros de Lyon, é pela sua localização a norte de Itália um lugar de risco de propagação do Covid-19.

...
Fontes: AFP/ Le Monde/ Relacionado: Covid-19: Itália é país europeu mais flagelado — 11 cidades em quarentena, 24.fev.020; Covid-19: 1ª morte na Europa é de turista chinês em França, 15.fev.020. Foto: Epidemiologista alerta que fator sorte impediu até agora mais óbitos em França, mas que "a sorte vai acabar". LS

Os artigos mais recentes

100% Prático

publicidade





  • Mediateca
    Cap-vert

    Uhau

    Uhau

    blogs

    publicidade

    Newsletter

    Abonnement

    Copyright 2018 ASemana Online | Crédito: AK-Project