ACTUALIDADE

A SEMANA : Primeiro diário caboverdiano em linha

Covid-19: Cabo Verde com aumento de 52% de novos casos lidera na incidência em África 16 Abril 2021

Cabo Verde voltou à liderança dos países africanos com mais casos de covid-19 por 100 mil habitantes, registando um aumento de 52 por cento no número de novos casos, de acordo com dados África CDC.

Covid-19: Cabo Verde com aumento de 52% de novos casos lidera na incidência em África

Covid-19: Cabo Verde com aumento de 52% de novos casos lidera na incidência em África

Cabo Verde voltou à liderança dos países africanos com mais casos de covid-19 por 100 mil habitantes, registando um aumento de 52 por cento no número de novos casos, de acordo com dados África CDC.

Segundo a lusa que cita a análise à evolução da pandemia de covid-19 em África, na semana de 05 a 11 de abril, Cabo Verde registou 189 casos por 100 mil habitantes, a maior incidência entre os 54 países africanos.

Além de Cabo Verde, os cinco países com maior incidência foram o Djibuti (137), Seychelles (100), Tunísia (100), Líbia (76) e Botsuana (72).

Durante o mesmo período, o país registou 1.134 novos casos, um aumento de 52 por cento relativamente à semana anterior, quando tinha registado 746 novas infeções por covid-19, e nove novas mortes, um aumento de 13%.

Na semana entre 29 de março e 05 de abril, o país era o segundo com maior incidência de casos (178/100 mil habitantes), a seguir às Seychelles, que contabilizavam 427 casos por 100 mil habitantes.

O crescimento do número de casos de Cabo Verde acontece numa altura em que os partidos políticos estão em plena campanha eleitoral para legislativas de 18 de abril e depois de o Governo ter colocado, em 19 de março, o país em situação de contingência - o segundo de três níveis previstos na lei –, implicando o alívio de várias restrições anteriormente impostas para travar a transmissão da doença.

Já esta semana, e fora dos dados contabilizado pelo África CDC, Cabo Verde registou, na quarta-feira, um número recorde de 294 infetados pelo novo coronavírus em 24 horas.

A lusa acrescenta que, durante a semana em análise, entre os restantes países africanos lusófonos, Angola (45%) e Guiné Equatorial (10%) registaram aumento de novos casos, enquanto a Guiné-Bissau (-36%), Moçambique (-31%) e São Tomé e Príncipe (-7%) reduziram as novas infeções.

Desde o início da pandemia, Moçambique regista 794 mortes e 69.002 casos, seguindo-se Angola (557 óbitos e 23.951 casos de infeção), Cabo Verde (188 mortos e 19.780 casos), Guiné Equatorial (106 óbitos e 7.259 casos), Guiné-Bissau (66 mortos e 3.706 casos) e São Tomé e Príncipe (35 mortos e 2.271 casos).

Globalmente, no continente, na semana de 05 a 11 de abril, foram registados 78.299 novos casos de covid-19, valor que representa uma descida de 3% no número de novas infeções.

A maioria dos novos casos de covid-19 relatados foram na região Norte (35%), seguida das regiões Leste (34%), Sul (15%), Oeste (8%) e Centro (8%).

Seis países foram responsáveis por cerca de 64% dos novos casos covid-19 notificados: Etiópia (18%), Tunísia (15%), Quénia (9%), África do Sul (8%), Líbia (7%) e Egito (7%).

Conforme a fonte referida, até 13 de abril, 35 países africanos tinham iniciado programas de vacinação contra a covid-19 dirigidos aos grupos prioritários.

Cumulativamente, mais de 13,8 milhões de pessoas foram vacinadas com a primeira e segunda dose da vacina covid-19 nestes países.

De acordo com o Centro de Controlo e Prevenção de Doenças da União Africana (África CDC), o número total de infetados nos 55 Estados-membros da organização é de 4.396.556, há 117 mil mortos e o número de recuperados da doença nas últimas 24 horas é de 15.682, para um total de 3.943.954 desde o início da pandemia, conclui a Lusa.

CFF // VM

Lusa/Fim

Os artigos mais recentes

100% Prático

publicidade


  • Mediateca
    Cap-vert

    Uhau

    Uhau

    blogs

    publicidade

    Newsletter

    Abonnement

    Copyright 2018 ASemana Online | Crédito: AK-Project