ACTUALIDADE

A SEMANA : Primeiro diário caboverdiano em linha

Covid-19: Cabo Verde regista mais 36 novos casos com Praia na liderança 21 Julho 2020

O Ministério da Saúde anunciou hoje mais 36 novos casos positivos de covid-19, sendo 23 na Praia, oito no Sal, três em Santa Cruz, um em Santa Catarina, um em São Miguel, e um total de 37 recuperados. Com esses novos dados, Cabo Verde passa a contar um total de 2.107 casos positivos acumulados.

Covid-19: Cabo Verde regista mais 36 novos casos com Praia na liderança

Segundo o boletim epidemiológico citado pela Inforpress, hoje registou-se um total de 37 recuperados em que a cidade da Praia lidera com 18, Santa Catarina 11, Sal seis ( 6) e Santa Cruz dois (2).

A mesma fonte revela que o país passa a contabilizar 984 casos activos, 1.100 recuperados, 21 óbitos e dois transferidos, perfazendo um total de 2.107 casos positivos acumulados.

Com mais esta actualização, o município da Praia continua a ser o mais afectado, com 1.203 casos reportados, seguido do Sal com 426, Santa Cruz com 183, Santa Catarina de Santiago com 108.

O director nacional de Saúde, Artur Correia, na habitual conferência desta segunda-feira anunciou que um jovem de 33 anos, vítima da covid-19, se encontra internado no Hospital Central da Praia num estado “preocupante”.

Segundo ainda a Inforpress, Correia adiantou que no Hospital Regional Santa Rita Vieira, em Santa Catarina, um homem de 87 anos se encontra num “estado instável”.

A pandemia de covid-19 já provocou mais de 610 mil mortos e infectou mais de 14,7 milhões de pessoas em 196 países e territórios, segundo um balanço feito pela agência francesa AFP.

Os Estados Unidos são o país com mais mortos (140.922) e mais casos de infecção confirmados (mais de 3,83 milhões).

Seguem-se Brasil (80.120 mortos, mais de 2,1 milhões de casos), Reino Unido (45.422 mortos, mais de 295 mil casos), México (39.485 mortos, mais de 349 mil casos), Itália (35.073 mortos e mais de 244 mil casos), França (30.177 mortos, mais de 331 mil casos) e Espanha (28.424 mortos, mais de 266 mil casos).

Economia mundial paralisada

As medidas para combater a pandemia paralisaram sectores inteiros da economia mundial e levaram o Fundo Monetário Internacional (FMI) a fazer previsões sem precedentes nos seus quase 75 anos: a economia mundial poderá cair 4,9% em 2020, arrastada por uma contracção de 8% nos Estados Unidos, de 10,2% na zona euro e de 5,8% no Japão, refere a Inforpress que cita as fontes referidas.

Os artigos mais recentes

100% Prático

publicidade





  • Mediateca
    Cap-vert

    Uhau

    Uhau

    blogs

    publicidade

    Newsletter

    Abonnement

    Copyright 2018 ASemana Online | Crédito: AK-Project