ACTUALIDADE

A SEMANA : Primeiro diário caboverdiano em linha

Covid-19: Cabo Verde regista sexta morte, primeira na ilha do Sal 12 Junho 2020

Cabo Verde anunciou, esta quinta-feira, a sexta morte por causa do novo coronavírus, um homem de 50 anos na ilha do Sal que tinha outros problemas de saúde, informaram as autoridades sanitárias.

Covid-19: Cabo Verde regista sexta morte, primeira na ilha do Sal

A informação foi avançada, na cidade da Praia, pelo diretor do Serviço de Prevenção e Controlo de Doenças de Cabo Verde, Jorge Noel Barreto, em conferência de imprensa para fazer o ponto de situação da doença covid-19 no país.

Segundo aquele responsável, o homem deu entrada no centro de saúde do Sal no sábado passado e morreu no dia seguinte, tendo-se pensado que teria tido uma pneumonia, mas hoje veio a confirmar-se que a causa da morte foi infeção pelo novo coronavírus.

“Em relação aos casos novos de hoje na ilha do Sal, que são 16, há uma pessoa que foi a óbito, do sexo masculino, com 50 anos de idade, que foi atendido no hospital Regional Ramiro Figueira no dia 06 à tarde, com um quadro cardiorrespiratório, é uma pessoa que tinha algumas comorbilidades”, descreveu o porta-voz do Ministério da Saúde.

Ainda segundo Jorge Barreto, o homem não teve uma boa evolução do seu estado de saúde e acabou por morrer no dia seguinte, tendo em conta que a sua condição de doença já estava “bastante avançada”.

A mesma fonte disse que foram tomados todos os cuidados e a família foi avisada da possibilidade de se tratar de um caso do novo coronavírus, tendo as autoridades tomado todos os procedimentos em relação ao funeral, e a vítima foi a enterrar imediatamente.

Este caso foi um dos 16 que foram contabilizados hoje no Sal, a ilha mais turística do arquipélago e a penúltima a diagnosticar a doença, mais de dois meses depois do primeiro caso no país, a 19 de março, na Boa Vista.

Jorge Barreto disse que ainda não foi encontrada a fonte de infeção, o paciente zero da doença na ilha, mas garantiu que a investigação epidemiológica ainda continua e que “há muitas hipóteses”.

Do total de 24 casos já detetados na ilha do Sal, o diretor do Serviço de Prevenção e Controlo de Doenças de Cabo Verde indicou que há quatro profissionais de saúde infetados.

A primeira vítima mortal em Cabo Verde, um turista inglês de 62 anos, que foi também o primeiro caso de covid-19 diagnosticado no país, registou-se na ilha da Boa Vista.

Seguiram-se mais quatro casos na Praia, uma mulher de 92 anos, um homem de 65 anos, e duas mulheres, de 55 anos e 65 anos, todos igualmente com outros problemas de saúde associados.

Os 16 casos do Sal fazem parte dos 41 registados hoje em Cabo Verde, sendo 22 na Praia e três em Santo Antão, que se tornou na quinta das nove ilhas habitadas a ter casos positivos.

O país conta com um acumulado de 657 casos de infeção por covid-19, desde 19 de março, nas ilhas de Santiago (563), Boa Vista (57), São Vicente (10), Sal (24) e Santo Antão (3).

Do total, há 297 doentes que foram dados como recuperados, há seis óbitos, dois doentes foram transferidos para os seus respetivos países e o país conta neste momento com 352 casos ativos.

A pandemia de covid-19 já provocou mais de 416 mil mortos e infetou mais de 7,3 milhões de pessoas em 196 países e territórios, segundo o balanço feito pela agência francesa AFP.

A doença é transmitida por um novo coronavírus detetado no final de dezembro, em Wuhan, uma cidade do centro da China. A Semana com Lusa

Os artigos mais recentes

100% Prático

publicidade





  • Mediateca
    Cap-vert

    Uhau

    Uhau

    blogs

    publicidade

    Newsletter

    Abonnement

    Copyright 2018 ASemana Online | Crédito: AK-Project