INTERNACIONAL

A SEMANA : Primeiro diário caboverdiano em linha

Covid-19: Coreia do Sul tem filas “quilométricas” para comprar máscaras — OMS preocupada com pandemia após aumento súbito em 3 países 25 Fevereiro 2020

As imagens foram captadas por drones na cidade de Daegu, a 3ª metrópole sul-coreana (após a capital Seul e Busan): milhares de pessoas em fila ao longo de uma avenida e um quarteirão, à espera ordeiramente de vez para comprar máscaras de proteção contra os vírus.

Covid-19: Coreia do Sul tem filas “quilométricas” para comprar máscaras  — OMS preocupada com pandemia após aumento súbito em  3 países

A República da Coreia do Sul em menos de 48 horas saltou para a segunda posição entre os países flagelados pelo novo coronavírus. Os dados da OMS esta segunda-feira mostram que há 602 casos de contágio e seis mortes na Coreia do Sul. Mas há 18 pessoas que recuperaram e tiveram alta.

O vídeo que circula na internet mostra, em imagens captadas por drones, as filas “quilométricas” de pessoas que em boa ordem aguardam a sua vez de comprar máscaras. Concebidas para proteger dos vírus aéreos, as máscaras precisam de ser substituídas com frequência — há casos em que devem ser trocadas de três em três horas!

A OMS tem destacado como comportamento a adotar para evitar a propagação da doença do Covid-19 o lavar as mãos com água morna e sabão, tossir e espirrar para a curva do antebraço, substituir os lenços após o uso, evitar estar muito perto de outras pessoas para que não haja trocas de fluidos corporais.

"Altamente preocupante" o aumento súbito na Itália, Coreia do Sul e Irão

O diretor-geral da OMS, Tedros Adhanom Ghebreyesus, expressou esta segunda-feira que é "altamente preocupante" o aumento súbito de casos e alertou que o mundo tem de prevenir-se para uma possível pandemia.

A preocupação advém da rapidez de propagação a que se assistiu nas últimas 72 horas, com um aumento súbito de doentes em especial, na Itália, Coreia do Sul e Irão.

A UE-União Europeia na segunda-feira, 24, pronunciou-se sobre o requerido fecho de fronteiras, na sequência da situação em Itália que em 48 horas saltou de 14 casos para 155, e nas 24 horas seguintes atingiu o total de mais de 200 casos.

A comissária da Saúde, Stella Kyriakides, ao ser inquirida respondeu que a União Europeia não vai impor restrições à mobilidade entre os países europeus. Lembrou que a OMS não aconselhou esse tipo de restrição nos países europeus.
A Coreia do Sul regista 602 casos de contágio e seis mortes. O Irão fechou fronteiras com os países vizinhos.

Conforme o último balanço da OMS, na segunda-feira, o novo coronavírus, denominado Covid-19, já provocou 78.985 infecções e duas mil e seiscentas mortes, a maioria na China. Também são chineses a maioria, 76.938, dos 78.985 doentes.

A OMS destaca contudo o bom desemprenho das autoridades na China, cuja atuação tem permitido travar a progressão de infecções, com destaque para Hubei cuja capital Wuhan é dada como epicentro da doença.
— -

Fontes: SCMP/ BBC/DW. Relacionado: Cruzeiros ao largo, quarentenas, máscaras que evitam propagação de vários tipos de vírus mas têm tempo útil curto, 12.fev.020. Fotos: Drones captam imagens de filas “quilométricas” para comprar máscaras no 2º país mais flagelado pelo Covid-19. LS

Os artigos mais recentes

100% Prático

publicidade





  • Mediateca
    Cap-vert

    Uhau

    Uhau

    blogs

    publicidade

    Newsletter

    Abonnement

    Copyright 2018 ASemana Online | Crédito: AK-Project