ACTUALIDADE

A SEMANA : Primeiro diário caboverdiano em linha

Covid -19: Diretor de Saúde alerta para risco de mais mortos e perda do controlo da situação se a população não cumprir restrições 05 Maio 2020

O Diretor Nacional de Saúde alertou, hoje, que se a população não colaborar, com o cumprimento rigoroso das restrições impostas pelas autoridades sanitárias, corre-se o risco de pôr em causa os ganhos até agora conseguidos na luta contra o Covid -19, podendo Cabo Verde perder o controlo da situação e registar mais mortos. Artur Correia falava, na habitual conferência de imprensa na Capital, onde também apresentou a Vila Nova/Moinhos como bairros mais afetados pelo novo coronavírus no Município da Praia.

Covid -19: Diretor de Saúde alerta para risco de mais mortos e perda do controlo da situação se a população não cumprir restrições

A 45 dias depois do surgimento do primeiro caso positivo de Covid -19 na Boa Vista, o Diretor Nacional fez questão de alertar para algum relaxamento por parte da população, registado sobretudo na Praia e também na cidade do Mindelo, no tocante ao cumprimento das medidas de restrições decretadas, com destaque para o confinamento domiciliar e o distanciamento social.

Artur Correia vai mais longe, ao advertir que, se a população não colaborar, Cabo Verde corre o risco de pôr em causa os ganhos já conseguidos na luta contra a pandemia do Covid -19 e perder o controlo da situação, provocando mais mortos. Por isso, Correia pede mudança de comportamento das pessoas na luta contra Covid -19, combatendo desleixo no cumprimento das restrições referidas decretadas.

Vila Nova/Moinhos mais afectados pelo Covid -19

Respondendo a questionamentos de jornalistas e da população em geral, o Diretor Nacional de Saúde abriu o jogo, informando dos 22 bairros atingidos pela epidemia na Praia, que é o Município mais afectado até agora pela doença. Artur Correia precisou que Vila Nova/Moinhos são os bairros mais afetados pala pandemia. Logo depois vêm as zonas de Achada de Santo António, Ponta d´Água e Achada de São Filipe. Diz que nos restantes bairros há registo de entre um e dois casos positivos de novo coronavírus.

O DNS anunciou que está prevista o arranque, ainda nesta semana, de uma campanha mais intensa de desinfecção dos bairros, que irá contar com as estruturas sanitárias, bombeiros, Polícia Nacional e militares. A supervisão da operação vai estar a cargo do Serviço Nacional de Protecção Civil.

Artur Correia avançou, por outro lado, o reforço de testes massivos rápidos, com destaque para grupos de riscos. Assegurou que a ONU e o Fundo Global já garantiu 30 mil testes, tendo chegado hoje ao pais o primeiro lote de 15 mil testes. Realçou ainda a oferta de mais 800 testes rápidos.

Mais quatro casos suspeitos

Além de confirmar os 10 casos positivos de hoje no concelho da Praia, o DNS informou que Cabo Verde registou quatro casos suspeitos, englobando os concelhos da Praia, Tarrafal de Santiago e Santa Catarina que tem a cidade de Assomada como capital.

O responsável da DNS informou ainda que 102 pessoas estão em quarentena domiciliária nas várias ilhas e outras 349 em quarentena obrigatória, sendo 301 das quais na cidade da Praia.

Artur Correia assegurou que dos 175 casos confirmados de Covid -19 (ver peça nesta edição) 72% tem a ver com doentes assintomáticos.

Os artigos mais recentes

100% Prático

publicidade





  • Mediateca
    Cap-vert

    Uhau

    Uhau

    blogs

    publicidade

    Newsletter

    Abonnement

    Copyright 2018 ASemana Online | Crédito: AK-Project