OPINIÃO

A SEMANA : Primeiro diário caboverdiano em linha

Covid -19: É tempo de solidariedade e precaução e não de discriminação 21 Junho 2020

É preciso, também, evitar espalhar boatos que dão ideia de que as pessoas que estão sendo tratadas pela Covid-19 estão transmitindo intencionalmente o vírus. É tempo de solidariedade e precaução, e não de discriminação. Seja a mão estendida para quem está enfrentando este momento díficil, enviando mensagens positivas e de apoio.

Covid -19: É tempo de solidariedade e precaução e não de discriminação

O novo Coronavírus mudou totalmente as nossas vidas, impondo mudanças de hábitos e atitudes urgentes. Entretanto, se, por um lado, a ciência vem se esforçando para conseguir dar respostas às muitas dúvidas sobre este vírus que pode ser letal, por outro lado, deparamo-nos com uma onda de discriminação em torno das pessoas que são diagnosticadas com o vírus Sars-Cov-2, dificultando assim a luta contra esse vírus invisível.

Isto porque, para além de lidar com o imprevisível, já que as pessoas com Covid-19 podem manifestar desde sintomatologia idêntica a uma gripe comum a doenças mais graves como síndrome respiratória aguda grave que podem levar à morte, também estão enfrentando problemas psicológicos devido à discriminação.

O certo é que o Coronavírus não escolhe raça, sexo, idade, religião nem classe social. O risco de contrair o Sars-Cov-2 é igual para todo mundo. Isso quer dizer que qualquer um de nós está propenso a ser diagnosticado com o coronavírus, ou a ter uma pessoa próxima que esteja em tratamento devido ao Covid-19.

Na verdade, as várias incógnitas sobre esse vírus e o medo do desconhecido tem desencadeado ansiedade e confusão, que por sua vez, desencadeiam atitudes discriminatórios, levando as pessoas a formarem preconceitos errados que não correspondem à verdade. Cabe a cada um de nós mostrar empatia com os afectados, procurando informações credíveis acerca da doença e adotando medidas práticas e eficazes que nos mantem e mantem os outros seguros, lembrando sempre que qualquer um está propenso a ser diagnosticado com o vírus.

Para além disso, deve-se evitar julgar as pessoas que testaram positivo para o Covid-19. Manter-se distante, além de ser essencial para evitar a propagação do vírus, também é um ato de amor próprio e respeito pelas outras pessoas.

Mas é importante frisar que a distância deve ser meramente física, privilegiando o contato social por meio das novas tecnologias de comunicação, de modo a oferecer ajuda a quem precisar.

É preciso, também, evitar espalhar boatos que dão ideia de que as pessoas que estão sendo tratadas pela Covid-19 estão transmitindo intencionalmente o vírus. É tempo de solidariedade e precaução, e não de discriminação. Seja a mão estendida para quem está enfrentando este momento díficil, enviando mensagens positivas e de apoio.

Suzi Chantre
(Psicóloga)

Os artigos mais recentes

100% Prático

publicidade





  • Mediateca
    Cap-vert

    Uhau

    Uhau

    blogs

    publicidade

    Newsletter

    Abonnement

    Copyright 2018 ASemana Online | Crédito: AK-Project