ACTUALIDADE

A SEMANA : Primeiro diário caboverdiano em linha

Covid-19: FMI aprova desembolso de financiamento de 32.3 milhões de dólares para Cabo Verde 24 Abril 2020

O Fundo Monetário Internacional (FMI) aprovou o desembolso de um financiamento a Cabo Verde de 32.3 milhões de dólares, (cerca de 3,2 milhões de contos) destinado ao combate dos efeitos da covid-19 na economia e na sociedade cabo-verdiana.

Covid-19: FMI aprova desembolso de financiamento de 32.3 milhões de dólares para Cabo Verde

A informação foi avançada em comunicado pelo Governo, que adianta que com este “importante financiamento”, aprovado quarta-feira, 22, o Governo vai reforçar o investimento no sector da saúde não só para combate o combate ao vírus, mas também para tornar o sector para mais resiliente e com maior capacidade de resposta.

Tal será feito, lê-se na nota, através do reforço do acesso aos cuidados de saúde, aumentando a cobertura para todos e a todas as regiões, com uma qualidade elevada, não deixando ninguém para trás.

A mesma fonte adianta ainda que parte desse montante vai ser canalizado para as medidas que visam a protecção de rendimento das famílias mais vulneráveis.

Esse financiamento, conforme explicou o Governo, ocorreu no âmbito do Rapid Credit Facility (RCF), que é um modelo de assistência financeira concessional aos países membros do FMI, atribuída a uma taxa de juro de zero por cento (0%) para fazer face às necessidades urgentes da balança de pagamentos.

“Este financiamento, que normalmente é disponibilizado em cerca de 50% da quota do país membro, agora, face à situação de pandemia, foi aumentado para 100% da quota. Assim, no caso concreto de Cabo Verde, corresponde a 23.7 milhões de XDR (32.3 milhões de dólares) ”, refere o documento.

O impacto do surto da pandemia da covid-19 na economia global e nos fluxos de turismo tem “afectado gravemente” a economia do País, exigindo medidas de política e o apoio coordenado dos parceiros de desenvolvimento de Cabo Verde, de acordo com a mesma fonte.

O Governo considera que a recessão económica mundial, em curso, em decorrência da pandemia da covid-19, resulta da simultaneidade de choques de oferta e demanda, o que torna a situação actual excepcional, com consequências imprevisíveis ao nível da renda de uma boa parte das famílias e da população, que está cada vez a diminuir, da rentabilidade das empresas, pela perda da capacidade de produção e de consumo, com risco e impactos em perdas de emprego de abrangência multissectorial, ao nível nacional.

Neste sentido e ciente dos “grandes desafios e dos riscos” que esta situação emergencial coloca ao nível do combate da pandemia da covid-19 e do processo de desenvolvimento do País, o Governo encontra-se “fortemente focado, engajado e comprometido” na resolução desses graves problemas.

Para além desse desembolso concessional de 32,3 milhões de dólares, Cabo Verde recebeu na semana passada uma doação de cinco milhões de euros da União Europeia, que serão destinados ao financiamento das medidas de protecção social em curso.

Segundo a coordenadora residente do escritório comum das Nações Unidas, que coordena a pedido do Governo os apoios dos parceiros internacionais para o efeito, Cabo Verde poderá receber nos próximos meses cerca de 120 milhões de dólares para fazer face aos impactos da pandemia da covid-19.

Cabo Verde registou até este momento 73 casos positivos, sendo 52 na ilha da Boa Vista, 19 na cidade da Praia (dois dos quais vindos da Boa Vista), um no concelho do Tarrafal e um na ilha de São Vicente.

Dos casos confirmados, registou-se um óbito, um cidadão inglês de 62 anos, que se encontrava de férias na ilha da Boa Vista, e um doente recuperado.

A nível global, segundo um balanço da AFP, a pandemia de covid-19 já provocou cerca de 180 mil mortes e infectou mais de 2,5 milhões de pessoas em 193 países e territórios. A Semana com Inforpress

Os artigos mais recentes

100% Prático

publicidade





  • Mediateca
    Cap-vert

    Uhau

    Uhau

    blogs

    publicidade

    Newsletter

    Abonnement

    Copyright 2018 ASemana Online | Crédito: AK-Project