ACTUALIDADE

A SEMANA : Primeiro diário caboverdiano em linha

Covid-19: Familiares acusam hospital central da Praia de negligência pela morte de uma jovem de 31 anos 20 Junho 2020

A família de uma jovem de 31 anos, diagnosticada com coronavírus da Covid-19 e que morreu esta sexta-feira, acusa o hospital central da Praia de negligência médica.

Covid-19: Familiares acusam hospital central da Praia de negligência pela morte de uma jovem de 31 anos

O Ministério da Saúde e da Solidariedade Social anunciou hoje o falecimento da jovem, o oitavo óbito pelo novo coronavírus da covid-19 no País e o quinto na Cidade da Praia, mas os familiares acusam o hospital de negligência médica.

O passamento da mais recente vítima da covid-19 em Cabo Verde foi revelado no sitio oficial do Ministério da Saúde, ao final do dia desta sexta-feira, mas os familiares não se conformam com esta perda e atribuem a alegada negligência médica como a causa da morte da jovem de 31 anos, residente no bairro de Tira-Chapéu.

Fontes próximas dos familiares adiantaram à Inforpress que estes consideram que a suposta falta de assistência pós-parto esteve na origem da morte da jovem, com o argumento de que houve falta de auxílio da parturida, depois de esta ter dado recentemente à luz.

Argumentam que depois do parto, por cesariana, a jovem de 31 anos sentiu-se “praticamente abandonada”, por falta de assistência.

A Inforpress está a envidar esforços no sentido de ouvir a reacção do hospital central da Praia.

Cabo Verde reportou hoje o oitavo óbito pelo novo coronavírus no país, o quinto na Cidade da Praia, no dia em que o arquipélago registou mais 26 testados positivos na ilha de Santiago, o que eleva para 849 os casos acumulados.

O boletim clínico do Ministério da Saúde reporta que foram analisadas 152 amostras no laboratório de virologia da Praia que resultaram em 25 casos positivos e 93 negativos, um positivo em Santa Catarina, 10 negativos em Santa Cruz, três negativos em Ribeira Grande de Santiago, que se juntam a 11 negativos em São Domingos.

Já no laboratório de São Vicente, todos os 20 testados acusaram negativos.

Num total de 172 amostras processadas nos laboratórios de virologia da Praia e São Vicente, registaram-se 26 casos positivos na ilha de Santiago, 137 negativos, sete pendentes e dois resultados de seguimento de doentes sem alteração.

O Ministério da Saúde voltou a reforçar o apelo para que as pessoas fiquem em casa e tomem os devidos cuidados para evitar a propagação da covid-19.

Com mais estes 26 casos positivos anunciados pelo Ministério da Saúde, o País passa a contabilizar 849 casos confirmados, dos quais 377 recuperados, 477 activos, dois transferidos e oito óbitos, segundo os últimos dados divulgados pelo Ministério da Saúde.

O Município da Praia soma 611 testados positivos, seguido de Santa Cruz 79, Sal 72, Boa Vista 57, São Vicente 10, Santa Catarina oito, São Domingos cinco, Ribeira Grande de Santo Antão quatro, Tarrafal de Santiago dois, e Ribeira Brava, em São Nicolau também dois

Em África, há 7.395 mortos confirmados em mais de 275 mil infectados em 54 países, segundo as estatísticas mais recentes sobre a pandemia no continente.

A pandemia de covid-19 já provocou mais de 454 mil mortos e infectou mais de 8,5 milhões de pessoas em 196 países e territórios, segundo um balanço feito pela agência francesa AFP.

A doença é transmitida por um novo coronavírus detectado no final de Dezembro, em Wuhan, uma cidade do centro da China. A Semana com Inforpress

Os artigos mais recentes

100% Prático

publicidade





  • Mediateca
    Cap-vert

    Uhau

    Uhau

    blogs

    publicidade

    Newsletter

    Abonnement

    Copyright 2018 ASemana Online | Crédito: AK-Project