CORREIO DAS ILHAS

A SEMANA : Primeiro diário caboverdiano em linha

Covid-19/Fogo: Hospital regional reforçado com mais dez enfermeiros – director 08 Abril 2020

O sector de enfermagem do hospital regional São Francisco de Assis foi reforçado com a colocação de mais dez enfermeiros, que já se encontram na ilha, declarou o director, que se mostrou satisfeito.

Covid-19/Fogo: Hospital regional reforçado com mais dez enfermeiros – director

Evandro Monteiro observou que “o tão esperado reforça e colocação dos enfermeiros” na Região Sanitário Fogo/Brava é motivo de satisfação pois, além dos dez enfermeiros para o hospital regional, as outras estruturas de saúde das duas ilhas vão ter também mais enfermeiros.

A colocação dos dez enfermeiros no hospital é importante, sobretudo nesta fase que se está a enfrentar, referiu o director, para quem tudo isso traduz-se numa mais-valia para o sistema, para a região e, sobretudo, para a capacidade que o próprio hospital irá ter em recursos humanos para diversificar e responder melhor às demandas.

Evandro Monteiro avançou que após esta fase alguns serviços vão ser reestruturados, sobretudo os que pela sua especificidade tem mais demanda e exigem mais número de profissionais de saúde, nomeadamente o serviço de urgência, a medicina e a ginecologia-obstetrícia, áreas que irão ser reforçadas para que se possa fazer um trabalho “com mais qualidade”.

Assegurou que serviço de saúde mental será uma das áreas a ser contemplada, pois segundo a mesma fonte o recurso existente neste momento permite fazer “alguma diferenciação” e, conjuntamente com os demais técnicos, sobretudo os afectos à saúde mental, analisar a possibilidade de se criar um serviço separado de saúde mental.

A criação deste serviço, segundo Evandro Monteiro, além dos quadros técnicos existente, implicará reforçá-lo com mais pessoa, nomeadamente o pessoal de serviços gerais e outros técnicos, porque não depende apenas de mais enfermeiros.

Os dez enfermeiros colocados no hospital regional já se encontram na ilha e, segundo o director deste estabelecimento hospital, “vão fazer um período de isolamento de duas semanas” e só depois serão colocados nos diferentes serviços.

Em relação à Região Sanitária, Evandro Monteiro avançou que ela ainda não dispõe de todas as informações, mas sabe que as delegacias de saúde de São Filipe, Mosteiros e Brava e o centro de saúde de Cova Figueira vão ter novos enfermeiros, mas sem precisar o número, observando que a Delegacia de Saúde dos Mosteiros terá mais três novos enfermeiros.

A colocação de mais enfermeiros nas estruturas da Região Sanitária Fogo/Brava vai permitir a prestação de serviço mais humanizado e com diferenciação, precisou a mesma fonte. A Semana com Inforpress

Os artigos mais recentes

100% Prático

publicidade





  • Mediateca
    Cap-vert

    Uhau

    Uhau

    blogs

    Copyright 2018 ASemana Online | Crédito: AK-Project