ACTUALIDADE

A SEMANA : Primeiro diário caboverdiano em linha

Covid-19: Governo prorroga situação de calamidade no País e mantém canceladas festividades do Carnaval 15 Fevereiro 2022

O Governo decidiu prorrogar a situação de calamidade no País por mais 15 dias, com o intuito de salvaguardar as medidas de prevenção e contenção da covid-19, mantendo assim canceladas as festividades do Carnaval.

Covid-19: Governo prorroga situação de calamidade no País e mantém canceladas festividades do Carnaval

A informação foi avançada à imprensa pela ministra da Presidência do Conselho de Ministros, Filomena Gonçalves, que segundo Inforpress, explicou que a medida entra em vigor as zero horas do próximo dia 19 e vigorará durante 15 dias

Indicou que a decisão saiu de uma reunião ministerial extraordinária, após análise efectuada pela Direcção Nacional de Saúde sobre a evolução epidemiológica em Cabo Verde.

“O Governo entende que deve prorrogar este quadro, para que se garanta a manutenção das medidas de prevenção e contenção que se verificam pertinentes na presente conjuntura”, explicou.

Segundo avançou, também o Carnaval e a quarta-feira de Cinzas continuam canceladas, pelo facto de serem uma tradição cultural de dimensão festiva “muito forte”, capazes de “potenciar os riscos de agravamento”, que poderão resultar em casos de diminuição das medidas de prevenção adoptadas, para fazer face à propagação do vírus, cita Inforpress.

Referiu que essas medidas são fundamentais, pelo imperativo de fazer prevalecer o princípio da precaução em saúde pública, razão pela qual “excepcionalmente não será decretada a tradicional tolerância de ponto” nesta época.

Segundo a mesma fonte, a governante apontou que nas últimas semanas o arquipélago tem tido uma melhoria continuada da situação pandémica, mas, advertiu, a taxa de positividade ainda se situa nos 77 por 100 mil habitantes, isto é, continuou, “a taxa ainda é superior” ao patamar internacionalmente recomendado, que é dos 25 por 100 mil habitantes.

“É imperativo manter os incentivos à vacinação contra a covid-19, nomeadamente o de acelerar o processo de administração da dose de reforço da vacina”, sublinhou.

O Governo justifica ainda a medida como forma de garantir a sustentabilidade desta trajectória, de acelerar o processo de reforço da vacinação, bem como de continuar a consolidar a dinâmica de retoma da vida social, de recuperação económica e dos empregos, refere a notícia avançada pela Inforpress.

Os artigos mais recentes

100% Prático

publicidade


  • Mediateca
    Cap-vert

    Uhau

    Uhau

    blogs

    Copyright 2018 ASemana Online | Crédito: AK-Project